expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Recesso

O Blog está entrando de férias!!
Sempre é bom refletir tudo o que foi vivido durante o ano e buscar novas inspirações para dar o melhor!
Neste final de ano eu gostaria de agradecer a todos pelo carinho. Gostaria de desejar também um Natal repleto de felicidade e de amor para todos. Que todos possam realizar e mudar tudo o que ficou “pendente” em 2013.
Muitas bênçãos de Deus para vocês.

2014 estaremos juntos novamente!!
Até lá!


Beijão!
Feliz Natal e um excelente Ano Novo!

Aniversário

Postagem um pouco atrasada, mas está valendo! rsrs

Para quem não sabe, no dia 16/12 o Apenas Pensamentos completou dois anos! hehehe


Eu queria agradecer a todos pelo carinho, por lerem meus textos, por me acompanhar através dos blogs. Eu agradeço de todo coração a todos que me mandam recados, que compartilham links no facebook, que curti alguma publicação na página do blog, e por todos vocês que sempre estão aqui lendo meus textos, que são simples, mas todos de coração. rs
Que essa parceria continue crescendo e que o Apenas Pensamentos possa continuar melhorando para que vocês possam estar sempre por aqui. Obrigada por esses dois anos. 
Posso afirmar que nunca na minha vida me passou pela cabeça vivenciar tais experiências. E vocês me proporcionaram um carinho que nem sei como expressar. 
A homenagem hoje é para vocês. Todos os leitores do blog. Amo esse carinho, amo os recados, os e-mails. Amo esse contato!

Muito obrigada de verdade por tudo! 
Muito sucesso e Paz para todos!

sábado, 7 de dezembro de 2013

Se eu pudesse

   

Se eu pudesse te contar tudo o que eu sinto, eu diria tudo o que tenho guardado aqui. Algo que por medo nunca revelei. Se eu pudesse passar horas ao seu lado falando sobre tudo ou sobre nada, eu faria. Se eu pudesse apenas te olhar, e observar seus gestos, eu seria a pessoa mais feliz do mundo.


Se eu pudesse te contar minhas intenções, te abraçar em um momento difícil e revelar a ti meu amor. Se eu pudesse estar ao seu lado para te aplaudir diante de uma conquista e te oferecer meu ombro amigo diante de uma derrota eu assim faria, eu seria feliz.


Seria feliz por estar ao seu lado como se deve. Como meu coração diz que é certo. Seria feliz por poder ver seu sorriso pela manhã, por poder ouvir sua voz ao meu ouvido. Seria feliz por poder ser seu tudo. Seria mais feliz ainda por finalmente dizer o quanto eu amo você.






(Fernanda Muniz)

                                      

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Certezas


    Do que será feito este sentimento? Por tantas vezes me questionei até quando ele irá durar, até onde ele pretende ir. E quando penso em tudo o que se passou, e em tudo o que foi vivido, tenho a certeza de que eu te amarei por mil anos.
    E quando me pego a pensar no tempo que se passou, a incerteza me acerta. Começo a pensar em como estás, se estás bem e feliz. E então me vem mais uma certeza. De fato, é amor.
    Não tenho muitas certezas, não tenho muitos planos quando o assunto é vida sentimental, não me restou muito depois de sua partida. Dentre tantas incertezas, existe uma única certeza. Não importa o quanto você esteja longe, porque vou sempre te sentir por perto. Não importam o tempo, a distância, as incertezas. Pois a maior certeza que se há é que, inexplicavelmente, ainda amo você.






                                                                                                              (Fernanda Muniz)

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Feliz Dia dos Professores

   Que dia especial hoje, não é mesmo?! Afinal, o que seria de nós sem nossos amados professores. Essa relação é linda. Toda essa relação de aprendizado e cumplicidade. Ver a forma como os VERDADEIROS professores amam o que fazem. Isso é algo que me fascina demais.
    Durante o ano, todos os dias, somos brindados com conhecimento, alegria, sorrisos, e até broncas. E, mesmo com toda a dificuldade oferecida pelo nosso governo, eles conseguem fazer seu papel de forma brilhante. Obviamente, estou falando de todos os professores que se dedicam, que tem amor pelo o que fazem.
    Hoje, é o nosso dia. É a nossa vez de agradecer a todos vocês que nos ensinam. Seja na escola, seja na faculdade, seja no curso ou até mesmo na vida. Agradecemos por todas as vezes que vocês acreditaram em nós, e por todas as vezes que com amor nos ensinaram. Agradecemos por sempre estarem prontos a nos fazer sorrir, e por todas as vezes que suas preocupações foram além das barreiras de ensino.
     Hoje, é a nossa vez de dizer o quanto vocês são especiais para nós. Mesmo que nosso comportamento não seja tão bom, vocês são importantes. Agradecemos até pelos trabalhos, pois através deles aprendemos. Agradecemos por nos instigar a buscar o conhecimento, e por fazerem parte de nosso crescimento.
     Eu quero aproveitar para agradecer a todos os professores que eu tive. Da escola ao curso, aos professores da faculdade. E em especial a minha ETERNA MELHOR PROFESSORA DO MUNDO.
     Agradeço demais a esta mulher incrível, que amo mais que tudo. Pois, aprendo mais e mais com ela todos os dias. Na minha humilde opinião, ensinar vai além de ser apenas aluno escolar. Sou aluna dela na escola da vida. Presto atenção em cada lição que ela me ensina pacientemente, e pacientemente me aplico para fazê-las de forma correta.
     A você eu agradeço profundamente, Beth Muniz. Obrigada por estar sempre ao meu lado com dedicação, amor e carinho. Obrigada por sempre em ensinar e por ser a MELHOR PROFESSORA E IRMÃ DO MUNDO.
    Agradeço também, a minha amiga, prima e irmã, Ester Muniz. Por sempre estar pronta a me ensinar as lições que carregamos ao longo da nossa jornada. Agradeço por todas as vezes que suas lições se fizeram necessárias e por todas as vezes que eu aprendi com você. Eu te amo e te agradeço profundamente.

     A você e a todos os profissionais da área de ensino o meu, o nosso: MUITO OBRIGADO! QUE DEUS ESTEJA SEMPRE COM TODOS VOCÊS, QUE ELE POSSA LHES DAR A DEVIDA SABEDORIA, E A DEVIDA RENOVAÇÃO DE FORÇAS PARA AGUENTAR A LONGA JORNADA.

                                                                                               (Fernanda Muniz)

domingo, 1 de setembro de 2013

Sobrevivente

    Tudo se perdeu de mim. Ainda não sei explicar, mas algo em mim se rompeu, se desfez. Inútil tentar salvar o que um amor mal vivido destruiu. Não há reparações. Às vezes o amor nos deixa marca que não sabemos explicar, e, muito menos entender.  Feridas que não cicatrizam. Lembranças antes alegres, agora vazias.
    Não há certezas. Não há vontades ou desejos. Não resta mais nada. Apenas um coração despedaçado. E onde havia sorrisos e sonhos, há lágrimas e lembranças. Lembranças de um tempo surreal que não voltará. Acabou-se o encanto, mas o amor ainda está lá. Sobrevivente.
    Sobrevivente! É assim que devo chamar esse sentimento por ti. Pois ele sobreviveu ao tempo, à distância, as lembranças vazias. E por ser sobrevivente, ele apenas me ajudou a sobreviver num mundo sem você. Posso por assim dizer, que também sou apenas uma sobrevivente.



                                                                                             (Fernanda Muniz)

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Perfeito

  Tudo é tão intenso quanto estou ao seu lado.
  Tudo é tão incrível quanto você está ao meu lado.
  Meu porto seguro é em seus braços.
  Amo estar em seu mundo e viver tudo que seu amor me disponibiliza.
  Saber que é nas batidas do seu coração que meu coração encontra o ritmo para seu batimento descompensado.
  Sentir que é você que torna meus sonhos realidade. Sem dúvida, nunca acharei palavras.
  Nunca acharei palavras para me referir a você, nem que defina o quanto eu amo você.
  Nunca acharei palavras que possam definir a sua essencialidade em minha vida.
  Tudo o que vem de você me é tão perfeito.                
  E seus defeitos? Só servem para tornar tudo mais real, mais perfeito.
  O encontro dos nossos lábios, da nossa pele, as palavras, os dedos entrelaçados.

  Tudo apenas, e não apenas serve para demonstrar o quanto um amor é capaz de enfrentar para continuar a existir.



                                                                                            (Fernanda Muniz)

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Primavera, outono

   Aroma suave, beleza incomensurável, simplicidade absurdamente fascinante. Assim é meu amor por ti. Seu aroma tão característico e marcante quanto às flores na primavera. Assim como as flores possuem uma beleza absurda, principalmente em seu desabrochar, é o seu sorriso, seu olhar. E na simplicidade de nossos momentos me vejo mais fascinada por ti. E em um misto de amor e paixão, você me prende. Faz-me conhecer lugares inimagináveis. Descobrir sentimentos incríveis, que de tão incríveis se tornam surreais.
    Assim como as folhas se desprendem das árvores, me desprendo de mim quando estou em seus braços. A liberdade que as folhas encontram no vento, eu encontro em você. Nos seus braços sou livre para ir onde quiser. O outono sempre traz a certeza de que algo bom irá acontecer, assim sou eu em relação a você.
    Sei que acontecerá algo bom apenas pela certeza de poder te olhar e sentir seu calor. Apenas por saber que você me olhará e me dará o seu melhor sorriso, o seu melhor carinho.
     Assim como a Primavera e o Outono se completam, assim como as características de ambos os tornam devidamente especiais, somos você e eu. Assim como na Primavera as flores desabrocham. E no Outono as folhas, as pétalas se desprendem para um voo sem pressa, sem rumo, assim é meu amor por ti.

    Tudo o que há em mim desabrocha, floresce quando te vejo. Tudo em mim se desprende, para um singelo voo, quando estou em seus braços. Tudo o que há em você te torna a minha primavera, o meu outono.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Minha princesa

    Ainda no espaço de homenagens, não poderia faltar uma pessoa que é um pedacinho de mim. Não, não é um filho meu. Mas troquei muita fralda, né priirmã?!
    Ela é a doçura, ela é meiguice, é o encantamento, a beleza. Alegria de quem a tem por perto, a força de quem está fraco.
    Não importa quanto tempo passe, ela vai ser sempre minha princesa. Não importa o que aconteça ela sempre consegue manter uma “inocência” que faz dela uma menina mulher. Característica única.
    Um porto seguro de qualquer um. Consegue exalar doçura e serenidade em cada palavra. Pilar forte quando preciso e quando não preciso. Sonhadora por essência, ela traz a pureza de uma criança com o encantamento de uma mulher. Fascinante.
    É! Por quantas coisas já passamos, não é mesmo minha linda. E juntas lutamos e vencemos. Sempre amigas. Sempre unidas. Sempre irmãs.
   Minha princesa, você não faz ideia do quanto te quero bem, do quanto te amo, e do quanto te admiro. Você não faz ideia do que representas na minha vida. Sei que já disse isso nas postagens anteriores a esta, mas eu não poderia deixar de registrar isso. Você é meu pilar, porto seguro.
   Aquela que sempre me acolhe com um abraço, com um sorriso. Aquela que chora e sorri comigo. Que defende, mas que também corrigi. Aquela que me apresenta como prima sempre corrigindo dizendo: “Prima não. Está é minha irmã mesmo.” E você não faz ideia do quanto isto me orgulha e me deixa honrada.
   Apenas e não apenas, agradeço a Deus todos os dias por sua vida. Agradeço por ter a honra de pertencer ao seu mundo e por ter o privilégio de ter você no meu.

Eu te amo, minha eterna priirmã!


Dedicado a Giselle Muniz.


                                                                                           (Fernanda Muniz)

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Minha razão

    Novamente peço sua licença, meu caro leitor, para mais uma vez falar de minha profunda admiração por alguém.
    A vida nos separou por diversas vezes. Fomos obrigadas a tomar decisões que não queríamos. Não foi fácil ficar longe de ti, mas fico feliz que tudo tenha acontecido da forma que aconteceu, mesmo eu tendo sofrido tanto quanto você, eu agradeço a Deus por ter acontecido assim. Pois sei que Deus agiu da melhor forma. Hoje posso afirmar sem medo de errar que você é minha razão.
    Hoje posso dizer que sou a pessoa mais feliz do mundo por poder chegar em casa e ver você a minha espera, poder receber o seu carinho, o seu cuidado. É reconfortante saber que você vai estar lá.
    Sei que não importa o que aconteça você sempre vai dar um jeito de estar ao meu lado. Seu jeito meigo passa a força que preciso para seguir. Até quando você me adverte é bom. Pois sei que sempre será com respeito e amor. Afinal, quem ama de verdade apóia, ensina, corrige.
    Você faz com que eu me mantenha no caminho correto e sempre me ensinou o caminho correto que eu deveria andar. Mesmo de longe você se fez presente. E por mais que seja difícil uma situação, você vai estar ao meu lado segurando minha mão.
    Você é meu pilar, meu amor, minha rainha, minha razão. Saiba que sou a pessoa mais feliz do mundo por ter um exemplo de honra, de como ser mulher de verdade assim tão perto de mim. Sem dúvida alguma, quando eu tiver meus filhos, se eu for somente a metade da mãe que você sempre foi, eu já estarei super feliz. Saiba que me sinto honrada em ser sua filha e que agradeço a Deus por ter posto você em minha vida.
     Eu te amo mãe!
     Dedicado a Sileia Muniz.


                                                                                  (Fernanda Muniz)

Pilar

   Todos têm pelo menos uma pessoa que nos transmite confiança, força, conforto. Sempre há pelo menos uma pessoa que nos dá o carinho necessário para se enfrentar todos os obstáculos da vida. Claro, que eu não sou diferente.
    Também tenho uma pessoa que é de minha inteira confiança. Posso dizer que a pessoa em questão é meu exemplo, ou um dos meus exemplos de vida. Apesar do pouco tempo que passamos juntas, ela sempre se preocupa em demonstrar o quanto me ama, e se preocupa em me ensinar cada lição que ela aprendeu ao longo da vida. E por ela ser tão especial para mim e ter um papel fundamental na minha vida, que peço aos leitores licença para falar um pouco sobre minha admiração por ela.
    A vida nos prega peças quase que inexplicáveis. Uns dizem que é sorte. Eu defendo que é o cuidado de Deus. Você imagina o quanto é maravilhoso ter uma pessoa que demonstra seu amor e um cuidado fora do comum. Imagina você ter ao seu lado uma pessoa que sempre te recebe com um sorriso e com um abraço bem apertado. E quando você tem problemas, ela tem a sensibilidade em perceber que eles existem mesmo quando os seus lábios dizem que não. Ela consegue quebrar as barreiras que você mesmo construiu apenas com um sorriso, e mesmo quando dá bronca continua sendo linda e meiga. Seu sorriso sempre vem acompanhado de um ótimo conselho e quando não há nada a ser dito, ela abraça e apenas diz: Vai ficar tudo bem. Estou do seu lado sempre!
    Pois é! Meus amigos! Eu tenho uma pessoa assim. Meu pilar. Na verdade ela é minha prima de sangue. Mas o amor que temos uma pela outra vai além de uma simples relação entre primas. Certamente, Deus nos fez irmãs, ou melhor, como ela mesma sempre diz: Eternamente Irmãs.
    Minha linda, você não faz ideia do quanto eu te amo e do quanto eu tenho profunda admiração e respeito por sua pessoa. Só me resta agradecer por todas as vezes que eu precisei e você esteve ao meu lado. E agradecer a confiança que você deposita em mim quando você também precisa de um apoio. Saiba que estarei eternamente ao seu lado. Saiba que não um só dia em que eu não agradeça a Deus por sua vida.

Eu te amo demais, irmã.

Dedicado a Beth Muniz.



                                                                                  (Fernanda Muniz)

sábado, 20 de julho de 2013

Dizem que

    Jamais conseguirei descrever o que representou para mim, olhar novamente para você. Jamais conseguirei descrever a sensação de estar ao seu lado novamente. Poder sentir seu cheiro, sentir sua respiração bem próxima, sentir seu rosto quase junto ao meu.
    Dizem que o verdadeiro amor é o sentimento que perdura além do túmulo. Dizem que o amor verdadeiro é aquele que aprendemos a sentir com a alma. Pois um dia o coração para, mas a alma não.
    Dizem que o amor é algo que nos muda constantemente, pois estamos sempre em busca do melhor para quem está conosco. Outros, dizem que o amor de verdade é aquele sentimento que nos faz sentir como crianças. É aquele que nos faz sentir leves.
    Para mim, amor é tudo o que eu sinto por você. Amar é sentir um misto de sensações. É desejar estar perto quando se está longe e estar mais perto ainda quando se está próximo. É desejar, querer, é carícia, entrega. É sentir aquele “friozinho” no estômago quando estamos chegando perto, e aquela “tremedeira” quando se está bem próximo.
    Amar é sonhar constantemente, mesmo em meio às atribulações da que a vida nos dá.  Amar é ficar parado quase congelado admirando os gestos, a belezas, as manias da pessoa amada.
    A palavra amor resume de forma perfeita tudo o que sinto quando te vejo, quando penso em você. A palavra amor resume de forma perfeita todo o sentimento que tenho por você. A palavra amor resume, de forma brilhante, você e eu.

                                                                                                              (Fernanda Muniz)


quinta-feira, 4 de julho de 2013

Inexplicável

            Não é tão inexplicável assim pensar nas razões que fizeram com que eu me apaixonasse assim. Afinal, dizem que sempre há explicações para o amor, mesmo com todas as complicações que tal sentimento pode nos oferecer.
            Não é tão inexplicável assim a sensação que sua presença me proporciona. Afinal, não há nada mais prazeroso do que estar na presença da pessoa amada.
            Poderia citar tantas razões, citar todas as vezes que seu olhar me desarmou, ou todas as vezes que seu sorriso fez da minha tristeza uma alegria. Poderia ficar aqui tentando explicar, justificar o que de fato sinto. Entretanto, dizem que a melhor parte do sentimento é aquela que vivemos e não a que falamos.
            E tem sido assim. A cada semana, a cada dia, a cada hora, minuto e segundo. O sentimento antes pequeno e sem forma, ganha corpo, fica mais forte e mais intenso. Coração bate mais descompassado encontrando o ritmo perfeito junto à batida do teu coração. Tudo em apenas alguns segundos. Momentos rápidos mais eternos. O sentimento antes desinteressado, ganha proporções raramente sentidas outrora. E como a natureza possui uma beleza particular e um aroma único, assim é o amor que tenho por você.
            Inexplicável? Talvez para muitos. Entretanto, tenho certeza de que as sensações provocadas por sua presença, seus carinhos, e seu cheiro, são apenas entendidas por você.




                                                                     Fernanda Muniz

domingo, 26 de maio de 2013

Amar é

   Amar é querer estar perto mesmo quando se está longe. Mesmo quando a distância parece absurdamente grande. Amar é querer estar longe para que a saudade invada, para que assim seja aproveitado, seja valorizado cada segundo. Para que cada momento seja eternizado.
   Amar é saber respeitar. Respeitar tempos em todo tempo. Saber o instante exato para o uso das palavras. E é saber o momento em que se deve deixar o silêncio falar.
   Amar não é olhar nos olhos, mas sim através deles. É ter a percepção quando algo não está bom, e quando tudo está ótimo. É perceber as reações e aprender com todas elas.
   Para amar é necessário entrega e renúncia. Não é se anular, mas renunciar tudo aquilo que antes era importante. É necessário dedicação. Dedicar-se as reais necessidades.
   Para amar tem que se sonhar o mesmo sonho. Percorrer o mesmo caminho. Transformar desencontros em encontros marcantes.
   Para amar não precisa de dois. Precisa apenas de um coração disposto a ser companheiro, ser fiel, ser paciente, ser bondoso, carinhoso, mesmo que o outro não saiba o quão amado é. Mas será sempre completo quando a entrega, quando a renúncia for recíproca.



                                                                                        (Fernanda Muniz)

segunda-feira, 20 de maio de 2013

A mídia e suas manipulações



     Todos os dias tentam descaradamente manipular nossas opiniões, tentam moldar nossos pensamentos. Quase que uma “lavagem cerebral” mesmo. E tudo de forma aberta, de forma armada. Com o intuito de formar zumbis e não pensadores.
Em um país onde a corrupção é arte e movimentos culturais é crime, toda e qualquer forma de tentativa de alienação da população é bem vinda. Infelizmente, aceitamos isso. Já fomos contaminados, e os poucos que ainda lutam contra um sistema quase que falido e uma mídia que se presta defender corruptos, estão sem forças. O que fazer então? Unir-se? Como? Como conseguir união em meio a tanta alienação e falta de senso?
    Precisamos, mais do que acordar, nos movimentar. Lutar. Acreditar. Pois se acreditarmos, poderemos fazer o que quisermos. Nós somos nosso próprio inimigo. Deixar que a mídia faça o quiser com nossas ideias? Francamente, mas isso já deu. Ser dominados por programas que sugam nossa inteligência? Nem perco meu tempo mais. Acho que ninguém deveria.
    Quando me refiro à mídia, não falo só da Rede Globo. Falo de todos os meios de comunicação. Outro dia estava passando por uma banca de jornal, e uma das matérias da CAPA dizia “Polícia esculacha traficante...”. ESCULACHA??? Que tipo de vocabulário esse? Tosco. E tem gente que compra. A desculpa é que é barato. Meu amigo, se for para comprar um jornalzinho desses que usa esse tipo de vocabulário para ler a notícia até você nem compra. Isso suga sua inteligência. Leia um Jornal do Brasil de vez em quando. Ou ouça rádios como a Rede Band News. Não que ela seja a melhor, não estou defendendo a Band também. Mas pelo menos ela tem mais conteúdo, um vocabulário mais rico.
    Não seja mais um alienado. Pense! Critique! Movimente-se quando quiser e da forma que quiser! Leia! Escute e examine tudo aquilo que escutar! Viva seus pensamentos e sinta tudo o que há para se sentir! Seja um formador de opinião, mas nunca um formado pelas opiniões alheias!

Pense nisso!
Fica a dica!
                                                                                                            (Fernanda Muniz)
   

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Em silêncio


   Se você soubesse do quanto te quero e o tamanho do meu desejo por você. Se você fosse capaz de interpretar, de entender cada olhar meu. Se você soubesse do que sinto realmente por ti. Eu seria mais feliz, mais completa.
   Seu olhar, seu abraço ainda que amigo, seu sorriso é tudo como um prêmio para mim. Um prêmio por ter vencido uma semana, por ter vencido os dias difíceis. Você me traz paz, me traz doçura, intensidade. Ah! Se você soubesse! Eu seria bem mais feliz, bem mais completa.
   Um novo sentimento começa a brotar. Em silêncio, ele cresce e cresce. Fortalece-se. Transborda. Mas aparentemente não tem fim. Simples assim.
   Amo cada abraço, pois nele me sinto forte. Seu olhar faz meu corpo vibrar de uma forma inexplicável. Mas ainda é um sentimento calado. Falta de coragem? Talvez. O que posso dizer é que posso lhe mostrar um sentimento que talvez você nunca tenha vivido. Um amor puro, desinteressado, intenso, sublime. Um sentimento que vai além. Vai além do que sabemos ou vivemos. Vai além do que acreditamos. Vai além para nos tornar um só.


                                                                                                  (Fernanda Muniz)

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Grande amor


   Todas as manhãs eu realizo meu sonho. Pois todas as manhãs, tenho a oportunidade de olhar para o que me é mais importante e o que é mais belo. Todas as manhãs, posso olhar em seus olhos e lhe dizer o quanto te quero e o quanto te amo. O quanto te desejo e o quanto te respeito.
   Desde que nossos olhares se entrelaçaram pela primeira vez, eu tive a certeza de era você. De que era você que me faria sentir o que sinto agora. Que seria você o responsável pelos os meus sorrisos fora de hora, pela minha insônia, pelos os meus pensamentos. Eu sabia perfeitamente, de forma muito clara, que seria com você que eu passaria o resto da minha vida. E aqui estamos.
   Descrever o que eu sinto quando ouço a tua voz, ou o que sinto quando você me abraça, quando diz que me ama, ou quando apenas me olha, seria impossível. Sempre chegaria um ponto em que as palavras me faltariam.
   Acho que nunca vou saber o que provoco em você também. Não saberei nada além do que você me diz, mas suponho que seja o mesmo que você provoca em mim. A mesma sensação que todos que amam sentem.
   Coração dispara. Corpo vibra, como se chamasse o seu, como se fosse uma espécie de código para o seu corpo. Pensamento vai longe, passeia pelas lembranças. O ar parece faltar. E os olhos mal conseguem piscar. Vem à certeza de que se encontrou o amor, o que todos chamam de grande amor.
   Ama-se com zelo, com paixão. Aprende-se a amar com a alma. Entende-se que um amor para ser grande tem que ser puro. Encontra-se a fidelidade, a proteção, o companheirismo, a amizade pura em sua essência. Encontra-se a felicidade de se estar amando e sendo amado. Cuidar e ser cuidado. Encontra-se tudo o que encontrei em você e com você.

                                                                                                          (Fernanda Muniz)

sexta-feira, 29 de março de 2013

Antes de tudo se acabar


        Antes de tudo se acabar, eu quero te amar de tal forma jamais feita antes.
        Quero aproveitar cada instante ao seu lado, e viver tudo com encanto.
        Sentir seu carinho o máximo de tempo possível.
        Vivenciar cada detalhe deste mundo que se descortina em seus olhos.

         Antes de tudo se acabar, eu desejo que você saiba e sinta tudo o que ainda falta.
        Quero que seja para sempre, mesmo que o sempre não seja longo.
        Quero que seja real, intenso, puro, marcante, eterno.

        Antes de tudo se acabar, apenas quero entregar a você o que sou.
        Sou o que ninguém imagina, sou fogo, sou faísca, sou fria.
        Sou amante, amada, amiga, necessitada sempre de seus carinhos,
        Sou terna, eterna, te fiz dono dos meus pensamentos, dos meus carinhos, de mim.

        Sou tudo o que o mundo jamais viu. Sou o seu mundo.
        Sou o que sou. Não mudarei. Não mais.
        Mudei sim antes, mudei por amor. Um amor que me deu a vida.
        Um amor que me deu um novo mundo. Um amor que me deu você.


                                                                                                                  (Fernanda Muniz)


terça-feira, 26 de março de 2013

Felicidade + Dinheiro = Infelicidade

            Quem diria que a felicidade junto ao dinheiro traz a infelicidade?
            Enganam-se quem pensa que o dinheiro traz felicidade. Isso não existe. Pode até parecer que é assim, mas na verdade não é. Não que eu seja hipócrita em dizer que o dinheiro se quer ajuda, mas acho que ele de nada vale quando deixamos o que somos realmente de lado.
            Nunca acreditei muito na filosofia de alguns que defendem que o dinheiro é a raiz da felicidade, muito menos acredito que ele seja a raiz dos problemas e do mal da sociedade. O ser humano só se corrompe se tiver a mente fraca e seus valores construídos em enganos. Se o dinheiro está além de qualquer coisa que te traga felicidade, você certamente será infeliz. Isso é uma soma simples. 
         Você acha que é feliz por ter dinheiro, até que percebe que não se tem ninguém para compartilhar os momentos que o dinheiro até então poderia te oferecer. Então se percebe que todos os seus desejos que outrora eram seu foco, se tornaram seu maior engano. Temos muitos famosos que comprovam isto.
         Outro erro terrível que é cometido com frequência é a escolha de carreira. Na minha humilde opinião, escolha de carreira é algo que provavelmente você levará o resto de sua vida. E, imagina fazer algo que não se gosta apenas por alto retorno financeiro. Acho que isso explica porque temos tantos profissionais infelizes em suas carreiras.
         Quer ser feliz? Escolha viver ao lado de pessoas que te faz bem. Que te faz sorrir sempre, e que em momentos difíceis estará ao seu lado. Escolha a carreira que você realmente tem aptidão para seguir. Faça o que te faz bem, o que te dá prazer. Não se importe tanto com opiniões. Elas são importantes para nosso crescimento, mas nunca devemos fazer delas nossas verdades. Pois somente nós mesmos sabemos o que realmente somos, o que realmente querermos. Isso sim deve ser nossa verdade. E, estas verdades devem basear nossas escolhas. O dinheiro só vai nos ajudar a ser feliz se mantivermos o que realmente importa para nós ao nosso lado. Se tivermos alguém para dividir tudo o que ele proporciona.
         Quer ser feliz sem culpa, mas feliz mesmo? Viva a fórmula: Felicidade – Dinheiro + Amor + Respeito = Felicidade abundante.



Pense nisso!
Fica a dica!

                                                                       (Fernanda Muniz)


quarta-feira, 6 de março de 2013

A força está em você


               Hoje quero não quero postar nada romântico. Não vou postar nenhum texto que expresse amor por alguém. O único amor que desejo falar hoje é o amor próprio. Quero falar do quanto devemos nos amar. Se não fizermos isso, ninguém fará.
                Determinadas situações triste são bem vindas quando nos faz ver com clareza a qualidade das pessoas que nos cerca, entretanto são mais bem vindas ainda quando nos mostra o quanto nos amamos. Então nos perguntamos onde está o amor por nós mesmos.
                Por quantas vezes vemos pessoas nos ferindo, nos pondo de lado? E ao invés de reagirmos, ficamos calados. Isso está errado. Isto tem que acabar e acabar agora.  Temos qualidades e amamos nossos defeitos, pois são eles que nos tornam únicos.
                Levanta essa cabeça, se olhe no espelho e diga: Eu me amo! Eu vou cuidar de mim! Serei forte e lutarei por mim mesmo.              
                Conquistamos respeito quando temos uma atitude mais enérgica com nós mesmos. Então fica uma dica para todos nós, algo que aprendi neste período de férias do meu trabalho. Seja você mesmo sempre, ainda que alguém se machuque com alguma coisa dita por você. Seja você mesmo. Parece clichê, mas é necessário dizer isso desse jeito. Não adianta agradar a todos, não adianta fazer a vontade de todos. E o principal ficar de lado. Você.
                E quanto ao que você quer? E quanto ao que deseja o seu coração? E quanto ao que você quer fazer com a sua vida?  Claro, desde que seja um bom caminho. E quanto as suas vontades?
                Faça essas perguntas a você mesmo, busque respostas, se ame o máximo que puder sem que esse amor te afaste de pessoas que realmente se importa com você. Busques as respostas que são necessárias a você. E, então responda a si mesmo: O que você realmente quer?

                                                                                                           (Fernanda Muniz)


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Eu te amo


            Eu te amo com a mesma intensidade que outrora.
            Eu te amo com a mesma paixão e mesma entrega de sempre.
            Eu te amo e te amo pelo simples fato de você existir.

            Em pouco tempo você se tornou meu pilar, minha força, meu rochedo.
            Em pouco tempo você passou a fazer parte do meu céu.
            A estrela mais linda em uma constelação.

            Amar-te sempre foi uma tarefa fácil e prazerosa.
            E, para mim, a mais intensa e surreal de todas.
            Amar-te foi a melhor coisa já feita antes.

            Estar ao seu lado é a melhor coisa que alguém pode desejar,
            E, falando em desejar, como te desejo.
            Desejo seu sorriso, seu amor, sua pele, enfim, desejo você.

            Viver ao seu lado, mesmo com a normalidade de um casal, é prazeroso.
            Inevitável não se apaixonar por esta constante aventura,
            De querer perto e ao mesmo tempo querer longe. De amar.
           
            Inevitável não te desejar, não te amar, não sentir este querer constante.
            Inevitável não se apaixonar por um olhar que traz paz,
            Por um abraço que traz proteção e amor jamais sentido antes.
            É inevitável não se apaixonar por você.




                                                                                  (Fernanda Muniz)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Solidão


                Solidão. É uma palavra tão forte, não é mesmo?! Ao mesmo tempo é uma palavra conflitante, pois nos leva a um questionamento: Afinal, o que é essa tal de solidão? É estar sozinho ou sentir-se sozinho?
                Difícil de responder com exatidão. Ainda que o dicionário  nos traga o significado, ainda que ele defina o que é, sempre iremos saber que na prática o significado é outro. Honestamente, acho que é um pouco de cada. Solidão é estar sozinho e sentir-se sozinho. Acho que existem vários tipos de solidão. Engana-se quem pensa que solidão é apenas não se ter alguém para conversar.
                É perfeitamente comum estarmos cercados e ainda sim nos sentirmos sozinhos. E também é comum estar sozinhos e não sentirmos solidão. Mas então como lidar com ela? Como agir quando estamos nos sentindo assim? Apenas busque algo que te faça feliz, que te preencha.
                Se ler te preenche, então pegue um bom livro e leia. Se ouvir música te faz feliz, então aquela música preferida sua e coloque bem alto. E, não se preocupe com os vizinhos. Afinal eles também fazem isso, e sempre nos finais de semana na parte da manhã. Tem coisas pior que isto?! Se ver um bom filme é o que te faz bem, então faça uma lista de filmes e apenas assista-os.
                Seja o que for ou como for ou a hora que for, busque algo que preencha você. Não se trata dos outros. Há alguns dias aprendi que a maior solidão é a da alma, e ela vem quando deixamos nossas vontades e gostos de lado por outra pessoa. Então VIVA. Seja feliz.
                Esqueça por um momento que existem outras pessoas ao seu redor, e promova um encontro seu com suas vontades. Promova um encontro dos seus sonhos e seus desejos mais íntimos com você mesmo. Encontre-se. Respire fundo e lute pelo que deseja seu coração. Preencha seu coração com o que você ama e assim serás feliz por completo.
                Seja qual for a definição que encontrarmos para a solidão, ela foi feita apenas para nos ensinar como se deve viver e não para ser amiga nossa. Use seus erros para sua fortificação. Por um momento esqueça o que os outros querem, o que eles desejam que você faça; e pense em você e no que você quer.
                Então?! O que você deseja? O que você quer?

 

Pense nisso!

Fica a dica!

 

                                                                                                              (Fernanda Muniz)

 

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Essa foi a primeira vez....


Essa foi a primeira vez que te senti tão perto. Foi tão real que pude sentir sua pele, sentir seu cheiro e seu cabelo como em um cafuné. E essa intensidade toda me fez lembrar o teu sorriso, de todas as palavras ditas e as que ainda ficaram por dizer. Lembrei de todas as brincadeiras, e todos seus gestos. Lembrei do teu olhar e da forma que você me tratava.
Essa foi a primeira vez que uma lembrança foi tão forte a ponto de trazer para perto uma imagem sua e a tornar real. Seria isso um desejo intenso e íntimo do meu coração? Ou seria apenas um jeito louco de superar sua ausência?
Mundos diferentes nos fez iguais. Mas nos tornou impossíveis. Entretanto, nenhuma das impossibilidades foi capaz de fazer esse sentimento ser esquecido.  Toda a distância nos aproximou a ponto de nos tornar um só, até que a vida se encarregou de nos separar, mas nem toda a força do destino foi capaz de não deixar este amor eternizado.
E a primeira vez que te senti foi tão incrível quanto o primeiro dia que eu te vi, a primeira vez que vi seu sorriso. A sensação de te ter perto mais uma vez foi tão intensa quanto à da primeira vez que ouvi sua voz, que ouvi sua respiração.
Tudo relacionado a você é forte, é intenso, é real, é terno e eterno. E é quando este amor mais deveria diminuir até desaparecer que ele cresce, e fica cada vez mais intenso e mais forte. E é quando você deveria representar o passado distante que você se torna o meu presente, e meu futuro desejado. E mesmo que você sinta tudo isto também, talvez nunca chegue ao meu conhecimento, pois esta é a única coisa que a distância e essa realidade toda nos impede. 


                                                                                

                                                                                         (Fernanda Muniz)

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Faz alguns anos...


Faz alguns anos que você se foi e ainda te sinto aqui perto de mim. Sua presença é tão real quanto essa dor que estou sentindo. Posso ver seu olhar cada vez que fecho os olhos. E, em cada sonho você se faz real trazendo de volta toda lembrança que te mantém vivo em mim.
Faz alguns anos que você se foi e ainda me lembro daquele triste dia. Lembro-me das palavras já não tão doces, lembro-me dos gestos já tão suaves. Mesmo depois de tudo, a esperança ainda se mantém viva. Esperança de voltar a ouvir palavras doces, de sentir seus gestos suaves, esperança de ter toda aquela paz que sua presença me traz.
Faz alguns anos que vi tudo o que sonhei sumir, escorrer entre os dedos como se fosse água. Faz alguns anos que tudo perdeu o sentido, perdeu a cor. Mas ainda tenho a esperança de que tudo volte. Volte à paz, volte o sorriso, volte à alegria de se viver e de sonhar. Volte todas as sensações por te amar.


                                                                         (Fernanda Muniz)

domingo, 20 de janeiro de 2013

Eu olho para você


               Chega um ponto da estrada que precisamos de um tempo. Um tempo para pensar, um tempo para rever conceitos e desejos. Chega uma noite que precisamos de canções para nos fazer adormecer, precisamos fechar os olhos e pensar em algo bom, mas nada disso parece funcionar e a noite se torna longa. Chega um momento da vida que precisamos rever nossos sonhos, renovar nossas forças e realizarmos tudo o que deseja nosso coração. E tem um ponto que aparece alguém. Aquele tipo de pessoa que se torna importante, se torna essencial em nossa vida. E, eu cheguei neste ponto, ou melhor, você chegou.
                Todas as vezes que preciso de um tempo, ou renovar minhas forças você apenas me abraça e fica em silêncio. É como se eu pudesse segurar meu mundo. É como se o mundo parasse e tudo perdesse importância.
                Você não faz ideia do quanto eu te amo, e do quanto você é maravilhoso para mim. Do quando te vejo como um anjo que veio para me resgatar. Você não faz ideia de que você me eterno amor. Do quanto esse amor me faz forte, e do quanto me sinto segura em seus braços. Certamente, você não faz ideia de que meu mundo é você.
                Você é a primeira coisa que penso quando acordo e é a última que penso antes de dormir. Pessoas precisam de inspiração para criar coisas, precisam de canções, mas eu não. Eu olho para você. Simples assim. Basta olhar para você. Seu olhar me leva para onde eu quero, torna meu mundo um lugar mais bonito por fazer parte dele. Eu olho para você.


                                                                                                (Fernanda Muniz)

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Esse amor


                Muitas pessoas precisam de algo para motivá-las, mas eu não.
                Muitas pessoas precisam de alguém para amá-las, mas eu não.
                Muitas pessoas precisam de carinhos, abraços, mas eu não.

                Eu não preciso de algo para me motivar. Basta olhar você.
                Não preciso de ninguém para me amar. O único amor que preciso é o seu.
                Eu não de carinhos, abraços. Preciso do seu carinho, do seu abraço.
               
                Apenas preciso de você. Apenas preciso de seu amor.
                Esse amor que me faz forte quando estou fraca.
                Esse amor que me faz voltar todos os dias  para você.
                Esse amor que me dá tudo somente com seu respirar.

                Esse amor que te faz parecer um anjo para mim.
                Esse amor que traz você para mim quando a noite parece longa.
                Preciso apenas de você e de todo esse contentamento, 
                Esse sonho que é viver ao seu lado.




                                           


                                                                                           (Fernanda Muniz)

domingo, 13 de janeiro de 2013

Escolhas


                Nunca vou entender muito bem porque tivemos que nos separar. Quer dizer, porque não podemos ser como todos. Ou ser como todos dentro da nossa realidade. Porque você sempre dificulta tudo? Não foi a vida que nos separou, ou colocou um “muro” entre nós. Foi sua escolha me deixar partir. E, o mais doloroso, é que você ainda acha que sou eu.
                Tudo foi, é e sempre será uma questão de escolha. E sinceramente, estou farta de ter que fazer as mais difíceis. De ter que calar alguns sentimentos, algumas sensações, por sua causa. E por chegar a um ponto que as forças me faltavam, eu parti. Foi uma das mais difíceis das minhas escolhas. Pois, eu sabia que seria por um longo tempo. Talvez tempo demais para  eu conseguir dizer tudo o que está me matando aos poucos. Foi uma escolha minha baseada em suas ações.
                Toda a nossa vida, todo nosso convívio foi baseado em escolhas. Por um tempo eu escolhi suportar até que ficou pesado demais, e, então eu escolhi partir. Percebe?! Tudo é uma questão de escolha. Foi difícil te deixar, mas não pelo fato de ir para o outro lugar, porque ele sempre me pareceu maravilhoso, e calmo. Foi difícil porque eu teria que abrir mão de você para ter um pouco de paz. Isso não é destino, é consequência. Devo admitir que foi bom ter partido. Mas devo admitir também que é difícil buscar o compartilhar e ver que não está.
                Com o tempo aprendi a usar minhas escolhas como uma espécie de defesa. E talvez a melhor escolha minha tenha sido o silêncio. Escolhi não falar sobre sua ausência, nem sobre a lacuna que você deixou em minha vida. E assim vou levando. Pensando que você está em um lugar muito longe em que não haja nenhum tipo de comunicação, mas isso é uma ilusão. Na verdade, eu escolhi pensar assim para tentar tornar tudo mais fácil. Loucura! A verdade é que dói te ter tão perto e tão longe ao mesmo tempo.


                                                                                                                             (Fernanda Muniz)

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Ninguém nunca


               Ninguém nunca vai entender o quanto você mexeu comigo e o quanto eu te amo. Ninguém nunca vai entender por que nunca esqueci nenhum detalhe seu. Ninguém nunca vai entender como nunca se apagou momentos tão simples vividos por nós, momentos tão improváveis, tão únicos. Detalhes, detalhes, detalhes. Só me servem para te manter mais vivo em mim, e talvez mais morta em você.
                Ninguém nunca vai entender como sua voz me deixa, ou como me lembro da frequência de sua respiração. Ninguém nunca vai entender como posso ter tanta certeza de que é você do outro lado da ligação. Ninguém nunca vai entender como eu consigo fechar os olhos e me lembrar do primeiro sorriso que você me deu, do primeiro olhar seu para mim.  Lembranças, lembranças, lembranças. Só servem para me perseguir, para sondar meus sonhos mais íntimos.
                Ninguém nunca vai saber como o seu aroma é tão forte para mim. Ninguém nunca vai entender a sensação que é pensar em você como algo maravilhoso que de tão maravilhoso que me deixa sem palavras. Ninguém nunca vai entender porque sua ausência me deixou sem ar, e ao mesmo tempo sem qualquer vontade de buscá-lo. Sensações, sensações, sensações. Só servem para me deixar quase que sem rumo, de tão intensas.
                Ninguém nunca vai entender um tanto de coisas sobre nós. Mas confesso que não há muito para ser entendido, acho que nem eu entendi. A principal, talvez a mais sublime de todas, talvez até a única coisa que se há para entender é o simples e marcante: Eu te amo!



                                                                                                              (Fernanda Muniz)