expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 29 de março de 2013

Antes de tudo se acabar


        Antes de tudo se acabar, eu quero te amar de tal forma jamais feita antes.
        Quero aproveitar cada instante ao seu lado, e viver tudo com encanto.
        Sentir seu carinho o máximo de tempo possível.
        Vivenciar cada detalhe deste mundo que se descortina em seus olhos.

         Antes de tudo se acabar, eu desejo que você saiba e sinta tudo o que ainda falta.
        Quero que seja para sempre, mesmo que o sempre não seja longo.
        Quero que seja real, intenso, puro, marcante, eterno.

        Antes de tudo se acabar, apenas quero entregar a você o que sou.
        Sou o que ninguém imagina, sou fogo, sou faísca, sou fria.
        Sou amante, amada, amiga, necessitada sempre de seus carinhos,
        Sou terna, eterna, te fiz dono dos meus pensamentos, dos meus carinhos, de mim.

        Sou tudo o que o mundo jamais viu. Sou o seu mundo.
        Sou o que sou. Não mudarei. Não mais.
        Mudei sim antes, mudei por amor. Um amor que me deu a vida.
        Um amor que me deu um novo mundo. Um amor que me deu você.


                                                                                                                  (Fernanda Muniz)


terça-feira, 26 de março de 2013

Felicidade + Dinheiro = Infelicidade

            Quem diria que a felicidade junto ao dinheiro traz a infelicidade?
            Enganam-se quem pensa que o dinheiro traz felicidade. Isso não existe. Pode até parecer que é assim, mas na verdade não é. Não que eu seja hipócrita em dizer que o dinheiro se quer ajuda, mas acho que ele de nada vale quando deixamos o que somos realmente de lado.
            Nunca acreditei muito na filosofia de alguns que defendem que o dinheiro é a raiz da felicidade, muito menos acredito que ele seja a raiz dos problemas e do mal da sociedade. O ser humano só se corrompe se tiver a mente fraca e seus valores construídos em enganos. Se o dinheiro está além de qualquer coisa que te traga felicidade, você certamente será infeliz. Isso é uma soma simples. 
         Você acha que é feliz por ter dinheiro, até que percebe que não se tem ninguém para compartilhar os momentos que o dinheiro até então poderia te oferecer. Então se percebe que todos os seus desejos que outrora eram seu foco, se tornaram seu maior engano. Temos muitos famosos que comprovam isto.
         Outro erro terrível que é cometido com frequência é a escolha de carreira. Na minha humilde opinião, escolha de carreira é algo que provavelmente você levará o resto de sua vida. E, imagina fazer algo que não se gosta apenas por alto retorno financeiro. Acho que isso explica porque temos tantos profissionais infelizes em suas carreiras.
         Quer ser feliz? Escolha viver ao lado de pessoas que te faz bem. Que te faz sorrir sempre, e que em momentos difíceis estará ao seu lado. Escolha a carreira que você realmente tem aptidão para seguir. Faça o que te faz bem, o que te dá prazer. Não se importe tanto com opiniões. Elas são importantes para nosso crescimento, mas nunca devemos fazer delas nossas verdades. Pois somente nós mesmos sabemos o que realmente somos, o que realmente querermos. Isso sim deve ser nossa verdade. E, estas verdades devem basear nossas escolhas. O dinheiro só vai nos ajudar a ser feliz se mantivermos o que realmente importa para nós ao nosso lado. Se tivermos alguém para dividir tudo o que ele proporciona.
         Quer ser feliz sem culpa, mas feliz mesmo? Viva a fórmula: Felicidade – Dinheiro + Amor + Respeito = Felicidade abundante.



Pense nisso!
Fica a dica!

                                                                       (Fernanda Muniz)


quarta-feira, 6 de março de 2013

A força está em você


               Hoje quero não quero postar nada romântico. Não vou postar nenhum texto que expresse amor por alguém. O único amor que desejo falar hoje é o amor próprio. Quero falar do quanto devemos nos amar. Se não fizermos isso, ninguém fará.
                Determinadas situações triste são bem vindas quando nos faz ver com clareza a qualidade das pessoas que nos cerca, entretanto são mais bem vindas ainda quando nos mostra o quanto nos amamos. Então nos perguntamos onde está o amor por nós mesmos.
                Por quantas vezes vemos pessoas nos ferindo, nos pondo de lado? E ao invés de reagirmos, ficamos calados. Isso está errado. Isto tem que acabar e acabar agora.  Temos qualidades e amamos nossos defeitos, pois são eles que nos tornam únicos.
                Levanta essa cabeça, se olhe no espelho e diga: Eu me amo! Eu vou cuidar de mim! Serei forte e lutarei por mim mesmo.              
                Conquistamos respeito quando temos uma atitude mais enérgica com nós mesmos. Então fica uma dica para todos nós, algo que aprendi neste período de férias do meu trabalho. Seja você mesmo sempre, ainda que alguém se machuque com alguma coisa dita por você. Seja você mesmo. Parece clichê, mas é necessário dizer isso desse jeito. Não adianta agradar a todos, não adianta fazer a vontade de todos. E o principal ficar de lado. Você.
                E quanto ao que você quer? E quanto ao que deseja o seu coração? E quanto ao que você quer fazer com a sua vida?  Claro, desde que seja um bom caminho. E quanto as suas vontades?
                Faça essas perguntas a você mesmo, busque respostas, se ame o máximo que puder sem que esse amor te afaste de pessoas que realmente se importa com você. Busques as respostas que são necessárias a você. E, então responda a si mesmo: O que você realmente quer?

                                                                                                           (Fernanda Muniz)