expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Minha princesa

    Ainda no espaço de homenagens, não poderia faltar uma pessoa que é um pedacinho de mim. Não, não é um filho meu. Mas troquei muita fralda, né priirmã?!
    Ela é a doçura, ela é meiguice, é o encantamento, a beleza. Alegria de quem a tem por perto, a força de quem está fraco.
    Não importa quanto tempo passe, ela vai ser sempre minha princesa. Não importa o que aconteça ela sempre consegue manter uma “inocência” que faz dela uma menina mulher. Característica única.
    Um porto seguro de qualquer um. Consegue exalar doçura e serenidade em cada palavra. Pilar forte quando preciso e quando não preciso. Sonhadora por essência, ela traz a pureza de uma criança com o encantamento de uma mulher. Fascinante.
    É! Por quantas coisas já passamos, não é mesmo minha linda. E juntas lutamos e vencemos. Sempre amigas. Sempre unidas. Sempre irmãs.
   Minha princesa, você não faz ideia do quanto te quero bem, do quanto te amo, e do quanto te admiro. Você não faz ideia do que representas na minha vida. Sei que já disse isso nas postagens anteriores a esta, mas eu não poderia deixar de registrar isso. Você é meu pilar, porto seguro.
   Aquela que sempre me acolhe com um abraço, com um sorriso. Aquela que chora e sorri comigo. Que defende, mas que também corrigi. Aquela que me apresenta como prima sempre corrigindo dizendo: “Prima não. Está é minha irmã mesmo.” E você não faz ideia do quanto isto me orgulha e me deixa honrada.
   Apenas e não apenas, agradeço a Deus todos os dias por sua vida. Agradeço por ter a honra de pertencer ao seu mundo e por ter o privilégio de ter você no meu.

Eu te amo, minha eterna priirmã!


Dedicado a Giselle Muniz.


                                                                                           (Fernanda Muniz)

Nenhum comentário: