expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Recomeço

Tenho a necessidade de fazer meus sentimentos conhecidos.
Necessidade de te manter perto e sentir teu calor.
Necessidade de sentir a paz que sua presença me traz.

Assumo os riscos de me apaixonar profunda e verdadeiramente por você.
Os riscos de me perder no teu olhar, no teu sorriso.
Porque, talvez, seja você o meu recomeço.

Assumo os riscos de dar-lhe meus melhores sorrisos e o amor mais sincero.
Os riscos de lutar para que nossas diferenças nos ensinem a ficar juntos.
Assumo que meus pensamentos, meus beijos já são seus.

Eu abro novamente a janela da minha alma para que o brilho do seu sorriso entre.
Eu descortino meu mundo, para que nele você possa fazer morada.
Porque, talvez, e só talvez, seja você o meu recomeço.




(Fernanda Muniz)

domingo, 16 de outubro de 2016

Escolha

   Não consigo dizer com exatidão o momento em que me apaixonei. Contudo, sou capaz de descrever cada sensação, cada sentimento que senti ao ver seu sorriso – não pela primeira vez, confesso – e seu olhar intenso. Posso dizer que nunca pensei em ter tal sentimento, até um gesto seu despertar um amor que jamais senti antes.  
   De repente tudo ganha um sentido diferente. Especial. A intensidade muda. Aumenta. Aumenta o desejo em estar perto mesmo estando longe. Aumenta o desejo de querer sentir e se permitir. Aumenta o sentimento. De repente sentimos o desejo de ser o tudo de alguém e de ter um tudo novamente. E que seja diferente.
   Eu tive essa sorte. Essa dádiva. Eu tive o seu amor. O desejo de ser parte da sua vida. Mas, não como antes. Não como amiga apenas. Viver ao seu lado. Dividir momentos. Dizem que essa escolha é difícil. Eu digo que não. Quando encontramos a pessoa certa, essa decisão, ou melhor, essa escolha se torna a mais óbvia de todas.
   E, vou além ao afirmar que seu amor me salvou. Salvou-me do mundo cruel em que eu vivia. Salvou meu coração, minha alma. Devolveu minha alegria. A vontade de lutar. De viver intensamente e de forma plena. O seu amor me salvou de mim mesma. E por isto te amarei. Eu te amarei com a mesma intensidade de quando me apaixonei. Eu te amarei sempre e para sempre.





(Fernanda Muniz)