expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Doce amor

   Quisera eu poder contemplar seu lindo sorriso por toda a eternidade.
   Quisera poder parar o tempo e ter você aqui por mais algumas horas.
   Queria sonhar os teus sonhos e quem sabe torná-los todos reais.
   Eu queria ter a coragem para lhe dizer o quanto eu te amo, mas a timidez me impede.
   A mesma timidez que faz minha voz sumir e meu corpo tremer quando você está perto.
   A mesma timidez que me cala toda vez que desejo declarar-te todo meu amor.
 

 
                                                                                         (Fernanda Muniz)