expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Alento

Não sei como explicar o que sinto. Ouso resumir tal sentimento em apenas uma palavra. AMOR. Um amor único, puro, terno. Algo jamais sentido ou explicado. Sequer vivido. Um sentimento que traz a pureza de minhas intenções de fazê-lo feliz por completo, e por completa ser feliz ao seu lado.
Não consigo mensurar este amor. Atrevo-me a afirmar – com todas as letras e forças- que é você meu grande e único amor. Simples assim, mas ao mesmo tempo não tão simples. Como definir a singela beleza de uma rosa ou a sensação que um lindo sonho nos traz? Como poderia eu, uma pessoa simples, de gestos e gostos simples, usar as palavras que seriam mais apropriadas para fazer jus a algo tão único quanto você. Sinceramente, não serei capaz de fazê-lo.
E ter a certeza de que isto tudo é real, que há reciprocidade em todos os sentimentos, sonhos e desejos, fazem de mim a pessoa mais completa do mundo. Sou privilegiada por te amar com toda minha alma e meu coração. Receber todo esse amor de volta é um complemento. Um alento para minha vida.  




                                                                                           (Fernanda Muniz)

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Recomeço

Tenho a necessidade de fazer meus sentimentos conhecidos.
Necessidade de te manter perto e sentir teu calor.
Necessidade de sentir a paz que sua presença me traz.

Assumo os riscos de me apaixonar profunda e verdadeiramente por você.
Os riscos de me perder no teu olhar, no teu sorriso.
Porque, talvez, seja você o meu recomeço.

Assumo os riscos de dar-lhe meus melhores sorrisos e o amor mais sincero.
Os riscos de lutar para que nossas diferenças nos ensinem a ficar juntos.
Assumo que meus pensamentos, meus beijos já são seus.

Eu abro novamente a janela da minha alma para que o brilho do seu sorriso entre.
Eu descortino meu mundo, para que nele você possa fazer morada.
Porque, talvez, e só talvez, seja você o meu recomeço.




(Fernanda Muniz)

domingo, 16 de outubro de 2016

Escolha

   Não consigo dizer com exatidão o momento em que me apaixonei. Contudo, sou capaz de descrever cada sensação, cada sentimento que senti ao ver seu sorriso – não pela primeira vez, confesso – e seu olhar intenso. Posso dizer que nunca pensei em ter tal sentimento, até um gesto seu despertar um amor que jamais senti antes.  
   De repente tudo ganha um sentido diferente. Especial. A intensidade muda. Aumenta. Aumenta o desejo em estar perto mesmo estando longe. Aumenta o desejo de querer sentir e se permitir. Aumenta o sentimento. De repente sentimos o desejo de ser o tudo de alguém e de ter um tudo novamente. E que seja diferente.
   Eu tive essa sorte. Essa dádiva. Eu tive o seu amor. O desejo de ser parte da sua vida. Mas, não como antes. Não como amiga apenas. Viver ao seu lado. Dividir momentos. Dizem que essa escolha é difícil. Eu digo que não. Quando encontramos a pessoa certa, essa decisão, ou melhor, essa escolha se torna a mais óbvia de todas.
   E, vou além ao afirmar que seu amor me salvou. Salvou-me do mundo cruel em que eu vivia. Salvou meu coração, minha alma. Devolveu minha alegria. A vontade de lutar. De viver intensamente e de forma plena. O seu amor me salvou de mim mesma. E por isto te amarei. Eu te amarei com a mesma intensidade de quando me apaixonei. Eu te amarei sempre e para sempre.





(Fernanda Muniz)

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Lembranças

    As lembranças parecem invadir meus pensamentos quando vejo você andando em minha direção. Lembro-me de como suas manias me chateavam e de como eu te chateava. Lembro-me de como nossos olhares se encontraram.
    Convencido. Chato. Ora infantil ora decidido. Paquerador. Essas foram minhas primeiras impressões. Opiniões que se formaram ao longo do tempo. Aos poucos, tudo se tornou contraditório. Pois, tudo em você me irritava e ao mesmo tempo me atraía para você. Eu me sentia envolvida demais para me afastar.
    Aos poucos percebi que você nunca foi solitário, chato ou convencido. Nunca foi infantil e também não era tão decidido assim. Na verdade, percebi que você apenas guardava suas emoções para aquela que fosse merecedora de tal atenção. Entendi que ela teria que ser excepcional. E, então você me encontrou. Você fez de mim a sua pessoa excepcional.
   Fecho meus olhos e volto no tempo. Sinto o calor de suas trêmulas mãos dizendo o quanto eu representava para você. Lembro-me da maneira que você me olhava naquela noite, pois era exatamente a mesma maneira que eu olhava para você. E ainda olho. E, em silêncio, com um doce sorriso, te agradeço por me ensinar como amar. Por fazer de mim a pessoa merecedora dos seus sentimentos.
   Ao seu lado aprendi uma das maiores lições da minha vida. E, olhando para você agora percebo a importância dela. Nenhuma opinião é imutável. Você mudou minha opinião. E mais que isso. Você me mudou.


(Fernanda Muniz)

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Com você aprendi

   Com você aprendi a ser bem mais eu. Na verdade, ao seu lado eu me redescobri. Descobri novos sentimentos, novas sensações, novos desejos. Redescobri o lado da vida, redescobri minha essência.
   Com você aprendi a sorrir mesmo tudo quiser me fazer chorar. Aprendi que é possível ser terna e dura ao mesmo tempo. Aprendi a lutar com mais afinco. Aprendi que é possível fazer palhaçadas quando todos querem seriedade e que isto não é imaturidade, e sim, um conceito diferente de se viver.
   Com você redescobri a ternura por trás de “Eu te protejo!” ou “Não posso ficar longe de você!”. Redescobri que é possível amar e que cada amor é marcado por sua essência. E, que não devemos comparar amores. Apenas devemos amar como se nunca tivesse amado.
   Com você redescobri a alegria de se sentir completa. A doçura em ficar sentada por horas fazendo planos. E a ansiedade por realizá-los.
    Ao seu lado, eu quis realizar tudo o que antes estava escondido. Ao seu lado, eu vivi lindos sentimentos que por tempo me privei de senti-los.

    Com você aprendi a ser feliz. Aprendi o valor dos mais sinceros sorrisos. Aprendi que a gentileza, a ternura, o afeto, o respeito nunca saem de moda. Aprendi a amar novamente. Aprendi a ser forte. Aprendi o que de verdade significa ser gente.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Sua partida

   Sua partida deixou um enorme vazio. Não por dependência. Apenas pela necessidade de se ter uma boa conversa, um abraço sincero, pela necessidade em sorrir espontaneamente.
   Apesar de tudo, continuo firme. Lutando para realizar tudo o que um dia conversamos, mesmo que tudo tenha ficado monótono. Continuo acreditando em tudo que passamos a sonhar juntos, mesmo sabendo que não realizaremos mais juntos. 
   Acordar com a certeza de que não nos veremos como antes e com a incerteza de que nada irá mudar só faz essa dor aumentar. Dizem que o melhor amor que existe é este que vivemos. Aquele que nasce de uma amizade. Contudo, creio que ele seja de longe o mais cruel. Pois, quando ele se torna impossível, a amizade segue sendo possível. E mais que isso. Segue forte. Cada vez mais intensa. É neste ponto que tudo fica mais cruel. As diferenças que nos separam como casal são as mesmas que nos unem como amigos. Vai entender... 
  O que sei é que sua partida fez com que tudo ficasse enfadonho. Não tenho suas gargalhadas fora de hora, suas palhaçadas. Não tenho aqueles solos de guitarra. Não tenho teus abraços, seus carinhos. Não tenho você. 

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Curioso pensar

   Curioso pensar que você sempre esteve ao meu lado e que nunca te notei de verdade. Suas qualidades nunca chamaram minha atenção. Até que um gesto seu fez tudo mudar. Você não só chamou minha atenção, você me conquistou.
   Curioso lembrar que seus gestos de ternura sempre existiram. Contudo, nunca me fizeram tão bem quanto agora. Nunca me trouxeram tanta paz e segurança quanto agora.
   Curioso sentir que não tenho mais medo. Sentir que não há mais motivos para fugas. Sentir que as buscas acabaram. Eu encontrei você, ou melhor, você me encontrou.
 


(Fernanda Muniz)

sábado, 16 de abril de 2016

Lá vai ela




Todo dia ela acorda, se arruma e vai... Coloca seu melhor perfume, seu melhor sorriso. Ela veste sua armadura e vai...

Basta um sorriso seu para mudar o mundo. Seja qual for, pois todos são igualmente lindos. Sorte de quem tem o privilégio de presenciá-los.
No abraço dela temos a melhor sensação do mundo. Um sentimento de paz, de proteção.
Sua presença dá coragem para arriscar mais. Faz qualquer um perder o medo.

E lá vai ela... Desbravando o mundo. Superando obstáculos. Dia após dia. Com seus melhores sentimentos. Com suas melhores palavras.

E lá vai ela... Cheia de charme. Cheia de Graça. Cheia de sorriso. Cheia de força. Cheia de coragem. Com sua alegria contagiante. Seu perfume inebriante. Com sua incansável determinação. Contagiando a todos com sua essência.


E assim você segue a vida. Conquistando seus objetivos. Tornando sonhos em realidade. Encantando e inspirando a todos. Conquistando a todos com sua essência. Uma junção de defeitos e qualidades. Junção que te torna uma pessoa de incontável valor. Uma pessoa única.



Dedicado a Beth Muniz.

Fernanda Muniz

terça-feira, 8 de março de 2016

Difícil descrever

   Difícil descrever o que sinto quando há o encontro dos nossos olhares. Parecer ser tão clichê definir tal sentimento. Corpo estremece, coração dispara, e disfarço tudo com um sorriso tímido.
    Difícil descrever o que sinto quando vejo seu sorriso. Ouso dizer que é um dos sorrisos mais lindos que já presenciei. Presenciar seu sorriso é contemplar uma beleza que nos tira o fôlego.
    Sua pele, seu cheiro, seu olhar encontrando o meu, troca de sorrisos tímidos. E em um momento eu me pego pensando na sua reação se você soubesse. E, apenas por um momento, nesses raros momentos em que estamos juntos, se é que posso dizer juntos, fico desejando que esta verdade seja revelada a você. E, poder assim sentir teu abraço e teu beijo.  
    Difícil descrever a maneira que me acho nos teus olhos. A forma que o mundo que se descortina diante dos teus olhos completa o meu.
    Difícil descrever a sensação que ti e tenho ao ouvir sua voz. Ouso dizer que é uma das minhas canções prediletas.

    Não sou capaz de determinar o exato momento em que tudo mudou. Não sou nem capaz de determinar o que mudou de fato. Contudo, você fez algo renascer. Floresceram novos sentimentos e fez com que outros reacendessem. E, um desses é o desejo de descobrir tudo isso ao seu lado. 






(Fernanda Muniz)

quarta-feira, 2 de março de 2016

Impossibilidade

   A impossibilidade pode machucar mais do que imaginamos. Ainda mais quando partimos do preceito de que nada é impossível. Ah! E existe uma GRANDE diferença em não podermos fazer determinada coisa em determinado horário e não fazermos nunca alegando que não nos é possível. Tudo é possível quando queremos que seja possível.
     Isso também não quer dizer que a impossibilidade não atinge quem toma isso como lema. Eu creio que esse lema, na verdade, é uma espécie de escudo para não dizer algo do tipo “Eu queria muito fazer, mas não tenho tempo.”, pois isso soaria como descaso. É só uma desculpa para tudo aquilo que ela não consegue fazer.
    Cabe a quem escuta não deixar que isto mine o relacionamento, seja de qual tipo for. Vai doer. São os famosos espinhos da rosa. A “impossibilidade” é um tipo de espinho que temos que tirar da rosa, para que ela fique ainda mais bela. Quando digo rosa você entende relacionamento. Sejam com nossos pais, nossos irmãos, nossos tios ou primos, ou até mesmo nossos amigos.
    Meu conselho para quem usa esse lema é que apenas ame. Ame mais. Não estou dizendo para estar colado dizendo o tempo todo que ama. Estou dizendo e defendendo que você diga que ama quando tiver vontade. Diga o quanto alguém é especial. E que você entenda que o fato de não poder ver a pessoa que se ama ou estar ao lado dela em um determinado momento não torna algo impossível, afinal impossível não existe. Essa escassez de tempo só quer dizer que algo na sua rotina não está no lugar em que deveria. E cabe a você arrumá-las e rever suas prioridades. Não permita ser machucado e machuque alguém especial com suas impossibilidades.
   Meu conselho para quem ouve esse lema é que tenha paciência e ame. Amar é aceitar as qualidades, defeitos, falta de tempo. Costumo dizer que é como no casamento. Amar é um pacote completo. Vai do machucar as mãos ao tirar os espinhos a contemplar o belo jardim criado.
     Ter um relacionamento exige um pouco mais. Contudo, quando há amor envolvido, a obrigação se torna um prazer absoluto.
      A impossibilidade é uma das ervas daninhas de um relacionamento. Este precisa ser regado com palavras e ações. Precisa ser podado evitando dizer algo quando se está com raiva ou triste. Precisa florescer com a espontaneidade. Precisa criar raízes com a liberdade e a confiança.
     Não permita que a tal impossibilidade mine seus relacionamentos. Seja mais forte. Seja mais inteligente. Seja extraordinário.




                                                                                          (Fernanda Muniz)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Motivo

   A escolha fascinante de se apaixonar quando pode optar por não fazê-la. Se é que podemos controlar isto. Uma troca de olhares, uma troca de sorriso e pronto. Quando percebemos estamos envolvidos. Envolvidos por um sentimento maior do que nossas vontades mais simplórias. Passa  a ser somente sobre este sentimento que brota e quase nada, ou nada, sobre nós. Passamos a ter um motivo.
    Você se tornou o motivo do meu sorriso fora de hora, do meu olhar perdido. Você se tornou o motivo da minha constante alegria, dessa sensação de estar completa. Não sei explicar o famoso como ou o insistente quando. Aconteceu. O meu motivo é você.
   E não poderia ser diferente. Meu coração te escolheu. Foi Deus quem nos escolheu. Seu olhar, sua voz, seu sorriso. Tudo em você é convidativo. Eu me apaixonei da maneira mais intensa e verdadeira. Descobri em você defeitos que complementam minhas qualidades e qualidades que complementam meus defeitos. Um complemento único. Um complemento de almas. 
      



                                                                                (Fernanda Muniz)

domingo, 24 de janeiro de 2016

Retrato de você

    Sabemos bem que existem vários tipos de pessoas. Umas aprendem a ser boas e outras já são em sua essência.
    Sabe aquela pessoa que você sente vontade de estar perto apenas pela presença dela. Aquela pessoa que te cativa e te inspira sendo apenas ela mesma. Aquela que possui uma dedicação absurda que te inspira a mudar e mudar pelo desejo de ser alguém melhor.
   Sabe aquela pessoa que faz você se sentir a mais abençoada de todas por tê-la ao seu lado. Aquela pessoa que te faz sorrir sempre. Aquela pessoa que consegue te deixar completamente livre para falar sobre qualquer assunto. Você sente vontade de falar sobre tudo e sobre nada. Sente vontade de dividir momentos. E não importa se são simples ou não, todos são marcantes. Aquela pessoa que te desperta um olhar de admiração. Aquela pessoa que se tornou seu exemplo.
    Ter alguém assim é único. E não precisa ser necessariamente um romance. Pode um amigo, um parente. O que importa mesmo é o tipo de ligação que se constrói, é como essa pessoa dá um sentido especial a sua vida. O que importa é o quanto tudo é verdadeiro. E se é verdadeiro o que importa se é um amigo, um namorado, pai ou mãe, irmão? É seu e você deve cuidar da melhor forma. E agradecer todos os dias por ter alguém assim para dividir essa jornada tão louca que é a vida. Assim como agradeço por ter você. Minha melhor amiga, meu pilar, minha irmã. Obrigada por ser essa pessoa na minha vida. Obrigada por dar um sentido especial a tudo. Obrigada por existir.

                                 (Fernanda Muniz)

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Irmã

     Presente de Deus na minha vida, meu pilar, minha fortaleza. Seu sorriso, sua garra, sua dedicação me inspiram de uma forma absurda. Faz nascer em mim o desejo de mudar e querer melhorar sempre. Não por cobrança. E sim, por todos os exemplos que você me dá. Por todas as lições que aprendo com você. E, saber que tenho seu apoio incondicional me dá ainda mais força. Força para arriscar mais. Força para eu me reinventar diante de qualquer dificuldade. É uma relação de confiança, de carinho, cumplicidade, e, sobretudo, de muito respeito. Assim defino-te. Esta é a forma mais simples de eu tentar explicar essa amizade, essa irmandade que é fortalecida a cada dia por Deus.
     Eu sei que mesmo que eu estivesse em Marte, e não houvesse uma maneira de falar comigo, nada mudaria o amor que você tem por mim. E nada será capaz de mudar esse amor que sinto por você também. Somos irmãs. Irmãs de coração. Irmãs na cumplicidade. Irmãs de alma. E, como você sempre diz , somos eternamente irmãs.
     Você é aquela que sempre me faz sorrir. Aquela que sempre me apoia. Você me ajuda de todas as formas possíveis. Você é aquela que nunca desiste. Aquela que sempre briga e depois chora. E, é aquela que sempre me dá muito carinho e muita força. Você se alegra junto comigo, chora junto comigo. Você celebra minhas conquistas e me mostra novos caminhos nas minhas derrotas. Você é aquela que sempre me ensina, ou tenta, me ensinar a relaxar de verdade. Por falar em ensinar... Cada dia surge uma nova lição.
     Ouso dizer que sem seu apoio e puxões de orelha, sem nossas conversas, sem você, eu não seria a metade do que sou, muito menos parte do que ainda serei. Agradeço a Deus por isto. Agradeço por todo esse zelo, carinho, amor, respeito. Por todas essas lições. Por todos os momentos de cumplicidade, por todas as risadas. Agradeço a Deus por ter você como irmã. E agradeço a você por ser minha irmã. Só me resta dizer que te amo muito e que se um dia eu me tornar apenas um terço do ser humano incrível que você é, já serei uma pessoa extremamente realizada.
     
   
                                                                                                         (Fernanda Muniz)