expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Essa foi a primeira vez....


Essa foi a primeira vez que te senti tão perto. Foi tão real que pude sentir sua pele, sentir seu cheiro e seu cabelo como em um cafuné. E essa intensidade toda me fez lembrar o teu sorriso, de todas as palavras ditas e as que ainda ficaram por dizer. Lembrei de todas as brincadeiras, e todos seus gestos. Lembrei do teu olhar e da forma que você me tratava.
Essa foi a primeira vez que uma lembrança foi tão forte a ponto de trazer para perto uma imagem sua e a tornar real. Seria isso um desejo intenso e íntimo do meu coração? Ou seria apenas um jeito louco de superar sua ausência?
Mundos diferentes nos fez iguais. Mas nos tornou impossíveis. Entretanto, nenhuma das impossibilidades foi capaz de fazer esse sentimento ser esquecido.  Toda a distância nos aproximou a ponto de nos tornar um só, até que a vida se encarregou de nos separar, mas nem toda a força do destino foi capaz de não deixar este amor eternizado.
E a primeira vez que te senti foi tão incrível quanto o primeiro dia que eu te vi, a primeira vez que vi seu sorriso. A sensação de te ter perto mais uma vez foi tão intensa quanto à da primeira vez que ouvi sua voz, que ouvi sua respiração.
Tudo relacionado a você é forte, é intenso, é real, é terno e eterno. E é quando este amor mais deveria diminuir até desaparecer que ele cresce, e fica cada vez mais intenso e mais forte. E é quando você deveria representar o passado distante que você se torna o meu presente, e meu futuro desejado. E mesmo que você sinta tudo isto também, talvez nunca chegue ao meu conhecimento, pois esta é a única coisa que a distância e essa realidade toda nos impede. 


                                                                                

                                                                                         (Fernanda Muniz)

6 comentários:

Ahtange Ferreira disse...

Olá, retribuindo a visita.
Este texto traduz um sentimento em mim muito forte, amei intensamente alguém que se tornou inalcançável e suas palavras vieram de encontro a minha saudade.
Muito lindo mesmo parabéns!
Bjinhos!

Fernanda Muniz disse...

Esse texto é muito forte. E foi muito intenso escrevê-lo.

Muito obrigada pela visita.
Parabéns pelo seu blog!

Um beijo!

Fernanda Bizerra disse...

Oi, Fê!

Este texto é lindo e mexe com os sentimentos de quem ler...devo falar-lhe novamente que tudo que você escreve mexe comigo, pois sou uma pessoa sensível e boba..rsrsr...

Parabéns...

beijokas!

Fernanda Muniz disse...

Fê!!

Hey, você não é boba. Você tem uma qualidade que eu admiro, a facilidade de expressar sentimentos. Isso é muito raro hoje em dia!!
Parabéns!

Beijos!

Marcos de Sousa disse...

É triste quando o amor é atrapalhando pela distância, ainda mais quando é um amor tão intenso e raro como esse...

O mundo sob o meu olhar

Fernanda Muniz disse...

É triste. Mas ainda valeu a pena!
Estranho afirmar dessa forma, né?! rs