expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 21 de janeiro de 2012

O medo



         O medo é um dos sentimentos mais traiçoeiros. O medo excessivo leva ao erro.
         Por medo você para quando deveria prosseguir. Desiste quando deveria lutar e luta quando deveria se entregar. Precipita-se quando deveria ser paciente, espera quando deveria agir, esconde quando deveria mostrar, nega quando deveria assumir, chora quando deveria sorrir, fica acordado quando deveria dormir e dorme quando deveria ficar acordado. Fica desprotegido, exposto quando deveria se preservar, fala quando deveria ficar calado e se cala quando deveria falar.
         Entretanto, não há nada de absurdo ou errado em ter medo. É inevitável. E acredite, precisa ter coragem para assumir seus medos.
         Agora, é certo que há algo que domina totalmente seu medo. A fé. Ter fé é confiar. Confiar que por mais difícil que seja a situação, tudo acabará bem. É confiar que você terá forças mesmo quando a força te faltar. Ter fé é confiar em Deus. É confiar que mesmo vivendo um momento ruim, Deus tem algo muito melhor e maior para sua vida.
         Logo, se o medo induz ao erro e a fé nos leva ao acerto, porque ter somente medo e não fé? Porque deixar o medo atrapalhar sua fé? É preciso ter mais coragem para aprender a ter fé do que assumir seus medos. Então seja o mais corajoso que você puder.

Pense nisso!
Fica a dica!

                                                                  (Fernanda Muniz)

4 comentários:

Luana Melo disse...

Adorei o texto viu Nanda?
Aliás adoro ler textos reflexivos assim...
Um Super Beijo !!!

http://luahmelo.blogspot.com

Fernanda Muniz disse...

Ahaha *-*
Obrigada flor!
Espero sempre ter você por aqui!

Beijos!

Karen Pereira disse...

Não só o medo como também a insegurança, né? Às vezes o que conta mais além do medo é a insegurança. Claro que o medo do que está por vir também conta, mas também a insegurança do desconhecido, do futuro... Pelo menos foi o que aconteceu comigo durante um bom tempo.

Beijos
Karen Pereira
http://aultimacanafistula.blogspot.com/

Fernanda Muniz disse...

Verdade flor!

Beijão