expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Último dia

   Por muito tempo eu me perguntei o que eu faria se eu tivesse a escolha no meu último dia. Não é mórbido pensar nisso. Talvez seja bom para avaliar o que se tem feito da vida. O fato é que era uma pergunta sem resposta. Eu se quer havia encontrado um sentido para esta pergunta. Nunca havia imaginado que isto mudaria em segundos.
   Bastou um segundo. Bastou o instante em que nossos olhares se cruzaram mais atentos e mais de perto. Aos poucos fomos descobrindo um ao outro, e com essa proximidade descobri que podia amar novamente. E, foi tão fácil. Quase impossível resistir aquele jeito determinado e meigo, carinhoso e seco ao mesmo tempo. Seu olhar era tão dominador que não houve escapatória. Eu me apaixonei por você, mas ainda relutava. Era tão incrível e irresistível que assustava. Até que você me ensinou a cerca do acaso. E disse que nós éramos frutos do acaso. E foi assim que eu descobri que você era o acaso mais lindo da minha vida.
   Todas as imperfeições e desencontros nos uniram. Nos unimos em nossa constante falta de tempo, nossas brigas, e o fato de querermos absurdamente um ao outro. Digo absurdamente, por ser um desejo quase que incontrolável. Talvez não exista palavras para explicar, ou nós dois não precisamos de explicação para acontecer. Apenas acontecemos. E da forma mais incrível.
   Incrível mesmo era a forma que você me olhava, e me protegia quando me abraçava. A forma como eu me sentia segura em seus braços. E a forma que eu te amo.
   Bom, hoje posso falar que meu último dia seria ao seu lado. As últimas coisas que eu veria seriam a cor e o brilho dos seus olhos, e o seu sorriso, ele é tão lindo. O que eu sentiria por último seria você, e de todas as formas que eu pudesse. Ah, e claro, sentir seu aroma. Buscaria uma proximidade mais do que tínhamos, e te desejaria mais. Seria um dia perfeito. Pois em meio as brigas, o tempo escasso, pensamentos diferentes e todos fatos contra nós; para mim, todas essas coisas juntas, faz com que seja perfeito te amar.
 
                                                                                                   (Fernanda Muniz)

4 comentários:

Minhoca Manca disse...

Obrigada pela visita Fe!
Bjs e sucesso no seu blog!! ;)

Fernanda Muniz disse...

De nada! :)

Marcos de Sousa disse...

O último dia ao lado de quem se ama é um dia que significa que a vida valeu a pena.

Beijos

O mundo sob o meu olhar

Fernanda Muniz disse...

Com certeza! *-*