expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 3 de novembro de 2012

Sonho

   Sou refém dos meus próprios sentimentos. Sou refém de mim mesma. Tudo o que há ao meu redor me aprisiona em um mundo que já não é mais meu. Um mundo que eu não quero mais, pois não há mundo se você não está.
   A cada segundo que passa, a cada dia, cada detalhe me faz lembrar o quão presente você foi em minha vida. Tudo mundo no instante, no segundo que nossos olhares se encontraram pela primeira vez. O medo impediu-me de ver o que sempre foi tão óbvio. Bastou um segundo para que meu coração tivesse a certeza de que não poderia viver sem você.
   Foi o acaso mais lindo que já vi e já vivi na minha vida. Um sentimento intenso e dominador, que me invadiu. Sim, acho que esta palavra se aplica ao caso. Invadiu cada parte do meu corpo, fazendo com que eu desejasse cada vez mais o seu corpo. Bastava você se aproximar para meu corpo ganhar vida própria, ignorando os comandos. Fica bambos, trêmulos, e falam uma linguagem que somente sua pele, seu corpo entendia. Invadiu cada pensamento meu. Fazendo-me agir feito uma criança que sorrir ao ver um sorvete ou vê o presente que tanto se desejava.
   Meus lábios diziam não te querer, mas meu corpo gritava o que o olhar conseguia sussurrar de modo que somente seus olhar pudesse entender. E sempre entendeu. Pois toda a mudança que acontecera em mim, também aconteceu em ti. Isso era notável, era real. E, de tão real e intenso era um pouco surreal. Pelo menos para mim.
   Ainda pergunto-me se tudo isto foi apenas um sonho. Um lindo sonho cujo nunca quis despertar. Um sonho que me levava para um mundo onde tudo tinha mais vida, mais cor. E, então, a saudade, que de tanta dói, faz-me lembrar que você não está mais aqui. E constato, que a dor é a única coisa que prova que nada disso foi apenas um sonho, mas que foi uma linda realidade.


                                                                                                           (Fernanda Muniz)

4 comentários:

Luana Melo disse...

L.I.N.D.O

Simplesmente lindo. Saber que as palavras vem do seu coração é uma emoção a mais ao ler cada palavras escrita Nanda!
"Foi o acaso mais lindo que já vi e já vivi na minha vida."
Amei essa parte!

Beijos*

Fernanda Muniz disse...

Ount *-*

Agora eu fiquei emocionada! :D
Muito obrigada, linda!

Beijos!

Orleans Nery disse...

"(...) E constato, que a dor é a única coisa que prova que nada disso foi apenas um sonho, mas que foi uma linda realidade." Minha parte favorita :D

Fernanda Muniz disse...

Esse foi bem intenso.

Beijo!