expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Marcas

           Cada história que se vive, deixa uma marca característica. Cada sentimento que descobrimos. A cada relacionamento crescemos como ser humanos e ainda sim, conseguimos perder um pouco mais de nós.
            Ora, deixamos de acreditar em alguém ou em algum sentimento. Deixamos de acreditar em determinadas situações, deixamos tanta coisa e às vezes por tão pouco. Coisas da vida.
            Chega um ponto em que você tem medo de se envolver por sentir que talvez não estejamos mais prontos para nos envolver e simplesmente acreditar novamente. Sabemos que devemos e que temos o direito mas as marcas deixadas em outrora quase nos impõe um sentimento assustador que nos faz agir como covardes, o medo.
              Depois de se ter vivido uma bela história de amor que chegou ao fim por alguma circunstância, pensamos em apenas "viver a vida" sem envolvimentos. O que é um erro. Entretanto o que seria do ser humano sem o erro? O que não nos isenta do erro por não desejar viver uma nova história.
              Quer dizer, não é que não se quer viver, ou que se tenha medo de esquecer as lembranças e os sentimentos vividos antes. Só há um receio por saber que nenhuma história será como aquela de outrora. Sabemos que sentimos por aquela pessoa jamais será igual ao sentimento que possa aparecer por outra pessoa. Não se sente pronto para se acreditar, não se sente pronta para se entregar. Não é medo de confiar em alguém, é uma forma de proteção para que não se sofra por viver, amar novamente, sentir vivo novamente e depois perder tudo novamente. Mas não há outro caminho. Não há outra escolha a ser feita, a não ser se sujeitar as surpresas do amor, e apenas mas não simplesmente, viver uma nova história.
               Não chore! Sorria! Não desista! Sonhe os mais belos e puros sonhos! Não fuja do amor! Viva o que ele pode te oferecer! Seja feliz de forma intensa e completa. Ignore as marcas deixadas por histórias antigas, mesmo que doa, mesmo que você tenha medo. Lute sempre. E se não der certo, tente novamente. Não perca o brilho no olhar por nada, pois ele é a janela da alma. Viva intensamente cada história com o melhor que se há para viver. Viva cada amor de forma intensa e sublime, como se ele nunca deixasse marcas.

                                                                                                      (Fernanda Muniz)

18 comentários:

Flavia disse...

Lindo demais esse texto!
Mas acho que na prática não é tão simples... Pelo menos pra mim que já quebrei a cara e acabei desistindo de tudo rsrs. :p

Bjokas!

Fernanda Muniz disse...

Obrigada Flávia! :)

Eu também. Já sofri muito por isto. Algumas marcas estão aqui até hoje. rs Mas acho que é a mania do ser humano de complicar tudo! rsrs

Beijo linda!

wagner Luiz disse...

Já desisti de várias coisas pra agradar os outros e acabei me ferrando.Agente só aprende na prática.Ainda mais com as marcas que ficam.Mas eu nem me importo sigo em frente até porque,pra que se preocupar com a vida dos outros quando temos a nossa?kkkkkkk

Bom texto adorei.
Bjos.

Danielle disse...

Nossa, não sei se sou eu que realmente sou sentimentalista ou se o texto é tocante mesmo rsrs É um pouco difícil superar, sim, porém devemos aprender a lidar com essas antigas decepções e usá-las para que não venhamos cometer o mesmo erro no futuro.

Adorei o texto!

http://www.blogdaninareis.blogspot.com.br/

Fernanda Muniz disse...

Obrigada Wagner!
Concordo com você. Viver o melhor da nossa vida é o que há de melhor para ser fazer. rsrs
Beijos

Fernanda Muniz disse...

Dani, obrigada!

Estamos sempre nos superando e aprendendo né?! rs

Beijos!

Gabriela Lemos disse...

Algumas marcas são bem dolorosas, mas não podemos negar que elas são fundamentais para o nosso amadurecimeto. Embora venhamos a 'quebrar a cara' outras vezes, sempre teremos um pouco de experiência acumulda. Dói, mas é por isso que existe toda essa n´stica envolta nesse assunto.
Amei o texto Flor. Parabéns!! ;)
Um beijjo

Marcos de Sousa disse...

O texto exala verdade. Aprendemos sempre com os relacionamentos e chega um momento que ficamos com medo de nos relacionar novamente por medo da dor. Contudo, é por tanto sofrer e aprender que encontramos a felicidade.

Beijo

Fernanda Muniz disse...

Gabi, minha linda! *-*

Muito importante sua opinião para mim, viu?
Verdade.
Obrigada linda!
Beijos

Fernanda Muniz disse...

Marcos, sua opinião também me é muito importante.

Concordo com você. E isso acontece com todos né?!

Beijo!

leitura hot disse...

Adorei o pensamento!
O melhor mesmo é seguir em frente que a vida continua!

Beijokas
Amanda
leiturahot.blogspot.com

Fernanda Muniz disse...

Obrigada!
Verdade!


Beijos!

Luara Cardoso disse...

O mais importante é acreditar no que a vida tem a nos oferecer, não é mesmo?

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Fernanda Muniz disse...

Com certeza!

Beijo!

Sinval Santos da Silveira disse...

Olá, maravilhoso. Adorei teu trabalho.
Parabens.
Sinval

Fernanda Muniz disse...

Muito obrigada Sinval!
Desejo sua presença aqui sempre que possível. :D
Beijos

Orleans Nery disse...

Infelizmente a mídia ensina às mulheres que os homens não prestam só porque o primeiro relacionamento não deu certo, mas sempre vale tentar de novo. Não é só por causa de uma decepção que você vai ficar sozinho(a) a vida inteira... Belo texto, Nanda.

Fernanda Muniz disse...

Exatamente, Orleans.

Ainda vale a pena.
Obrigada!