expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O Natal

O que venha a ser o Natal de fato ?

Todos dizem que Natal é a comemoração do nascimento de Cristo. Pois eu acredito que é muito mais do que isto.
Atualmente vemos o Natal de um ângulo bem consumista e até egoísta. Apesar das inúmeras campanhas de Natal. Entretanto, tenho pensado que Jesus não se agrada nem um pouco na forma de que esta data está sendo comemorada.
Penso que esta data (que foi criada pelos homens, já que não há relatos na Bíblia que digam que Jesus de fato nasceu dia 25 de dezembro) é para ser comemorada com a família, em união e paz. Não que a paz e união deva existir somente nesta data. Enfim, confraternização deve existir todos os dias do ano.
Muitos usam esta data como desculpa para beber, usam da falsidade para falar com pessoas que não falam o ano todo apenas para posar de pessoa humilde. Muitos outros esquecem da família. Se quer ligam. E poucos, entendem de fato o que é o Natal, e se confraternizam como fazem sempre que há tempo disponível.
O fato, é que a data 25 de dezembro foi escolhida justamente por não haver registro da data ao certo, mas através de pesquisas realizadas, acredita-se que Jesus de fato nasceu dia 25 de dezembro. Ora, se é "aniversário" de Jesus, como pode haver discussões, falsidade, rancor, bebedices e outras coisas que nada tem a ver com o que sabemos a cerca de Jesus.
A Bíblia nos ensina e nos prova como foi a vida de Jesus. Não entendo como tem gente que ainda faz tudo errado, tendo acesso a uma verdade tão simples. Se Jesus era e é bom, misericordioso, verdadeiro, não bebia, não sentia ódio, era zeloso, prestativo e humilde, por que devemos ser diferentes? A Bíblia é clara. Em 1 Coríntios 11:1, diz que devemos ser imitadores de Cristo.
Tenho a mais absoluta certeza de que erramos, de que temos defeitos e tudo mais. Mas o pior dos erros é justamente persistir no erro. Não viver como Cristo viveu. E, mas certeza ainda de que para Cristo, o " Natal perfeito" é aplicar seus ensinamentos todos os dias de nossas vidas.
Temos, ou melhor, devemos ser imitadores sim de Cristo, porém não só no final de ano. Ora, o mais necessitado só tem fome no Natal? O morador de rua só precisa de roupas dia 25 de dezembro? E os outros dias do ano? Como ficam? Não comem, não se vestem, não vivem?
Na minha humilde opinião, Jesus espera que façamos o Natal todos os dias. Que sejamos sinceros, humildes, prestativos e zelosos o ano inteiro. Que respeitemos nossas autoridades. Que nos juntemos para ajudar os mais necessitados o ano inteiro. Que demonstremos o amor e compaixão pelo próximo durante todos os dias de nossas vidas. Somente assim, teremos um dia 25 de dezembro inesquecível, um dia jamais vivido antes.

2 comentários:

Orleans Nery disse...

3 anos mais tarde e eu lendo esse texto :). Bom, isso é verdade. O Natal é todo dia, pois Deus quer que amemos o nosso próximo todo dia, que façamos o bem todo dia, e por aí vai... Muito bem dito, Fernanda. Continue assim!

Fernanda Muniz disse...

Verdade. O sentido do Natal se perdeu.


Obrigada, meu amigo!