expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

A cerca do amor de Deus

Vamos imaginar agora uma história:

Certa noite, antes de dormir, o filho pede a seu pai que o deixe acompanhá-lo em mais um dia de trabalho. O pai alega que é muito frio,e que na volta para casa será noite. Mas o menino não desiste e insiste. O pai acaba aceitando.
Na manhã seguinte, o pai foi buscar o filho na escola para irem ao trabalho. Durante o caminho, eles se divertem, conversam, tomam chocolate quente. Até que chegam ao trabalho. O pai pede que o menino fique perto do lago brincando e segue para o posto, para mais um dia de trabalho como controlador de ponte. O menino muito obediente, fica no lago ao lado do posto de seu pai.
De repente, o filho começa a chamar pelo pai. Aflito o menino chama cada vez mais alto. Mas o pai está atento ao trabalho, dando o comando para a ponte subir para um navio passar. De repente o pai olha para o lago e não vê mais seu filho. Olha para frente e o avista, perto das ignições da ponte. O pai olha para a ponte e vê um trem se aproximando. Ele grita o filho, mas a criança cai nas ignições. O pai se desespera, ao ver o filho cair. Ele fica sem saber o que fazer.
É uma difícil escolha. Salvar o filho ou salvar as muitas pessoas do trem. Se ele descer a ponte, esmaga seu filho e salva as pessoas, ou salva seu filho e deixa as pessoas morrem.
O pai clama, grita o nome do filho, e desce a alavanca para descer a ponte e salvar as pessoas do trem.
Dentro do trem, tinha viciados, mentirosos, soberbos, insensíveis, promíscuos. Entre as pessoas do trem, havia uma viciada desviada, que ao ver o desespero do pai que se encontrava próximo a linha do trem, largou a seringa de heroína.
Anos mais tarde, o pai encontra com a ex-viciada. Agora, renovada e com um filhos nos braços. Ela o olha com olhar de agradecimento e se afasta. O pai não se contem, sorri e glorifica a Deus. “


            Isto aconteceu. E assim como o pai da história verídica, Deus escolheu sacrificar a vida se seu único filho para nos salvar.
            O que você tem feito para retribuir esse sacrifico?
            Deus pede que sejamos obedientes. Você é obediente? O que você faz como forma de respeito a Deus?
            Abras seus olhos e veja, que a vinda de nosso Pai está próxima. Obedeça, siga o que diz as escrituras. Respeite a Deus e a seu próximo. Tende bom animo e seja alegre pois Deus está convosco.
            Deixe Ele se tornar a razão da sua vida. Ele está a sua porta e está batendo para entrar e modificar totalmente sua vida.
            Não tenha medo de Deus transformar você em um tipo de ser humano que você nunca sonhou. Pois este ser humano que você irá se transformar, será digno de herdar o Reino dos Céus e morar ao lado de nosso eterno Pai.
            Ele quer te curar, te restaurar, te limpar. Ele te chama. Venha como estás e deixe que Ele te faça um vaso novo, uma nova criatura.
            Vem demonstrar sua gratidão por quem sacrificou a vida de seu único filho para que você fosse salvo.
            O que você tem feito para agradece e honrar a Deus?


                                                                                              ( Fernanda Muniz)

Nenhum comentário: