expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Saudade

Dizem que a lágrima de saudade é a representação de um desejo. Um desejo da alma de ter a pessoa ao lado. Dizem também que a saudade é um dos sentimentos mais difíceis de serem sentidos, entendidos, pois quando está relacionado a momentos, nos traz à tona a realidade de não mais viver este(s) momento(s).
            Eu confesso que tenho que aprender sobre saudade. Como lidar com a saudade? Sempre me questiono como viver sentindo saudade. Eu ainda não aprendi a lidar com a saudade. Sinto saudades de momentos, pessoas, saudades até do que nunca vive.
            Aprendi a viver sentindo saudade do que nunca tive. Saudade dos carinhos que meu pai nunca me deu. Saudade das minhas avós e dos meus avôs, que tanto me fizeram sorrir. Do cheiro do frango frito e do angu da minha avó materna. Saudade de amigos que já perdi para vida e para morte. Saudade de duas pessoas que realmente amei, e perdi.
            Hoje só me restam lembranças e muita saudade.
            Mas ainda não aprendi a viver sem meu grande amor
. Meu eterno marrento, que me fez mais feliz do que qualquer ser possa imaginar. Brigas, crises, distâncias só serviam para nos aproximar, nos unir cada vez mais. Sinto saudade do cheiro, da pele, das ligações fora de hora, das canções que você me dedicava. Saudade dos dias que ficávamos sentados na varanda sonhando sonhos lindos.
            Saudade do amor que veio depois. Veio para me fazer feliz, ele me fez sorrir quando eu queria chorar, mas também me fez chorar quando eu quis sorrir.  Mas um detalhe nos separou.
            Quem não tem saudade que atire a primeira pedra, não é mesmo?! Sempre existirão situações que te fará sentir saudade de algo que você já viveu ou de alguém. Só temos que aprender a viver com ela.  Temos que dominar e não deixar que ela nos domine. Porque mesmo que não se queira admitir, a saudade sempre e para sempre existirá.  

                                                                    (Fernanda Muniz)

Pense nisso!
Fica a dica!

13 comentários:

Natany Fernandes disse...

Isso me fez lembrar de pessoas que eu não vejo a muito tempo, e senti saudade do meu noivo que está perto de mim, dormindo, mas que faz semanas que nós não passamos um tempo juntos sonhando com o futuro :(

Tomara que esse detalhe que separou vc do seu amor seja fraco demais para mantê-los separados. Bjim

Aguardo vc no meu blog, se gosta de Jogos Vorazes: temos novidades tbm

Natany Fernandes
http://cultivoliterario.blogspot.com/

Fernanda Muniz disse...

Eu queria, de verdade, que fosse fraco. Mas infelizmente não é. Infelizmente, não há nada que possamos fazer.
Mas mesmo assim eu agradeço o voto e a visita.

Estarei lá.
Beijos!

Luana Melo disse...

Oie!
Que texto mais lindo Nanda...
E que declaração mais sincera... eu amei o texto e concordo com você... temos saudades de tudo... até do que não conhecemos.
Um Beijão!

http://luahmelo.blogspot.com

Fernanda Muniz disse...

Põe sincero nisso. rs
Acho que no fundo isto acontece com todos.

Obrigada Lu.

Beijos

VDC disse...

Retribuindo a visita!!
Adorei o blog, está de parabéns!
sosneurose.blogspot.com

Fernanda Muniz disse...

Obrigada querida!
Eu também adorei o seu.
Parabéns!

Criss Araújo* disse...

Olá, Fernanda! Gosto muito de ler seus posts, sempre muito interessantes! Realmente, a saudade é um sentimento com o qual é difícil aprender a lidar. É complicado quando chega a doer e escorre pelos olhos o sentimento que é provocado pela distância de pessoas muito queridas. Tenho muitos amigos distantes e morro de saudade... Esse post me lembrou cada um deles... Parabéns, muito bom, flor, que você continue sempre a escrever! Grande beijo, e parabéns mesmo! ^^

Fernanda Muniz disse...

Ahahaha! *-*

Que lindo flor!
Pode-se dizer que a cada dia eu aprendo inultimente a lidar com a saudade.
Fico feliz demais por você ter esse carinho comigo e com meu trabalho. Saiba que te admiro bastante. Gosto bastante do seu trabalho. =)

Beijos e obrigada!

Blake disse...

Primeira vez por aqui...

Lindo o texto! Sincero e profundo... Amei!
Você escreve muito bem amore.

Adorei o blog e já estou seguindo. Convido você a conhecer o Sook e seguir também.

BjO
http://the-sook.blogspot.com/

Fernanda Muniz disse...

Obrigada Blake!
Agradeço de coração sua visita e por você está seguindo. Espero te ter aqui mais vezes.
Pode ter certeza de que eu conhecerei e tenho certeza de que vou gostar.

Beijos.

Blake disse...

Obrigada Fernanda pelo carinho e por seguir o blog!

Ainda da tempo de participar da PROMOÇÃO lá no Sook e concorrer ao livro "Guardiões".

Tem post novo por lá...

BjO
http://the-sook.blogspot.com/

Karen Pereira disse...

Oi amiga, tudo bem? Estive sumida mas cá estou eu de novo conferindo seus escritos maravilhosos!

Esse seu texto, em especial, me marcou. Achei muito lindo, tão triste... Em alguns momentos confesso que fiquei com lágrimas nos olhos... Enfim, continue assim, você vai longe!

Beijos
Karen Pereira
http://aultimacanafistula.blogspot.com/

Fernanda Muniz disse...

Tudo sim flor! Pois é, senti saudade!
Ah flor!
Eu que fiquei emocionada agora com esse comentário.

Muito obrigada!

Beijão