expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Primeira sensação

   É inesquecível a primeira sensação que temos quando nosso olhar encontra o olhar que nos completa. Como se aquele momento determinado fosse uma porta para que sentimentos mais profundos. Como se tudo ganhasse sentido após aquele momento.
   Um momento único. Ouso dizer que é um momento de complemento. É um complemento de pensamentos, de ações, de alma.
   Tudo se forma. Formam-se amizade, cumplicidade, elos ternos e eternos. Criam-se alicerces. E são nestes alicerces que o amor mais sublime, mais puro é formado.
   Encontramos a pessoa. Aquela que será nossa amiga, nossa confidente, nosso amor, nosso porto seguro. Por instinto, procuraremos esta e somente esta pessoa para nossos dilemas mais íntimos.
  Então, temos a sensação de que estamos completos. Passamos a sentir uma força que não entendemos, mas, no fundo, sabemos que tem relação com este amor. Sabemos que nossa segurança, nossa felicidade, nosso sorriso fora de hora, nossos plenos sentimentos, tudo, tudo tem relação com este amor. Este grande amor.







                                                                          (Fernanda Muniz)

Nenhum comentário: