expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 30 de julho de 2014

O começo de um amor

   Provavelmente não sentirei o toque dos seus lábios sobre os meus. Tão pouco saberei como é passar horas envolvida em seus braços. Não saberei o que é ouvir sua voz antes de dormir. Entretanto, sempre e para sempre saberei o que sua presença me provoca.
    Os anos se passarão, mas nunca esquecerei seu cheiro. O toque dos seus lábios em minha pele. Seu forte abraço. O mesmo abraço que tanto me fez bem em momentos difíceis. Jamais esquecerei o quanto seu sorriso iluminou meu dia.
    Sigo com a certeza de que nada foi ilusão, que não foi uma simples confusão. Não consigo declarar amor, não me atreveria. Para o momento, apenas me cabe dizer o quanto sua presença me traz paz, o quanto seu sorriso me ilumina, o quanto seu abraço me traz proteção.
    Os anos passarão. Não posso impedir. Sou incapaz de garantir qualquer coisa que não seja meus sentimentos por ti. Sentimentos que não consigo esconder mais. Fortes sentimentos que me fazem agir como uma boba apaixonada. Sentimentos que me mudaram. Sentimentos que me encheu de alegria e deu um novo sentido a minha vida.
     Os anos passarão e tudo continuará assim. Ou melhor. Talvez mais forte. Talvez mais intenso.  Mas sempre estará lá. Sempre e para sempre.

                                                                                       (Fernanda Muniz)


Nenhum comentário: