expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Despedida

      Você se foi e eu nem pude dizer nada a você. Fomos impedidos. Aliás, a vida me impediu de simplesmente viver o que de fato meu coração desejava. Eu queria dizer o quanto eu te amo e o quanto sinto sua falta. O quanto necessito de você aqui do meu lado, pois sem você eu não sei o que fazer, eu me sinto completamente perdida. Queria dizer o quanto você me fez feliz, e o quanto me senti amada por você.
       Nosso amor era tudo o que eu tinha de mais belo e a única coisa que tenho agora. Não me resta mais nada além de lembranças. Lembranças de nossos momentos, lembranças de nossas juras de amor, lembranças dos nossos planos e sonhos. Valiosas lembranças.
      Ver você partir não foi o mais difícil para mim, afinal a única ideia que me sufocava era o fato de eu não mais poder viver. Pois sem você do meu lado para dividir momentos, sonhos, pensamentos, não era viver e sim apenas existir. Sim existir. Apenas isso. A ideia de não poder mais olhar em seus olhos e dizer o quanto te amo me mata. Estou morrendo um pouco a cada dia sem você aqui.
      Um dia no futuro distante, quem sabe, nos encontraremos e talvez a vida nos ofereça uma nova oportunidade de viver exatamente de onde paramos. Quem sabe, não tenhamos o privilégio de sermos felizes juntos e retomar cada sonho, cada desejo que ocultamos em todo esse tempo que passamos separados.
      Você se foi e levou tudo de mim com você. Não restou se quer palavras. Palavras para definir o quanto você me completou, o quanto eu te amei e amo, o quanto me senti amada por ti, o quanto fui feliz ao seu lado. Só me restou sentir. Sentir saudades, sentir você em todas as coisas que eu faço, em todo lugar que eu olhe, sentir seu amor mesmo que você não esteja aqui comigo agora.
       Eu te amo mesmo que tenha se passado tanto tempo. Eu te amo por ter existido em minha vida, e por ter me apresentado sensações que jamais vou esquecer. Eu te amo por ter sido meu anjo. Ah, meu doce e eterno amor, eu te amo por tantas coisas, sobretudo por ter se tornado parte de mim durante o tempo que passamos juntos. Tempo que jamais esquecerei, pois você era e é tudo o que exatamente eu sempre quis.
             Com amor,...

                                                                                                           (Fernanda Muniz)

14 comentários:

wagner Luiz disse...

Que fofo!
Adorei este texto,Fernanda,com certeza um dos melhores que vc já escreveu.E com certeza,a despedida é uma coisa muito ruim.

Bjos.

Fernanda Muniz disse...

Obrigada! *-*

Fico feliz por você ter gostado e agradeço de coração ao elogio.
Beijo!

Luana Melo disse...

Nanda...
Estou sem palavras. Senti tanta sinceridade em suas palavras que elas atuaram em uma grande profundidade em mim.
Feliz daquele que é concedido a dádiva de conhecer um grande amor...(como esse).
Texto lindo.
Beijinhos*

http://luahmelo.blogspot.com

Fernanda Muniz disse...

Lu...
Muito obrigada pelo seu carinho de sempre.
Então somos as duas pessoas felizes... rs
Obrigada de verdade flor!
Beijão!

Teffi disse...

Texto muito bonito! Espero que seja de mentirinha, porque se for de verdade nem sei o que te dizer :/
Namoro há 4 anos, saca? E é assim minha vida: não sei como viver sem ele, nem imagino mais. Desde os meus 15 anos estamos juntos, ele me suportou quando eu era (ou ainda sou?) uma adolescente insegura e com cara de criança (mais criança), sem ele eu nem sei o que faria :/

Bem, parabéns, Fernanda :)
Você é muito simples, muito sincera, gostei!

Clique aqui e visite o Lar da Escriturária
Comentar é bonito e educado :)

Fernanda Muniz disse...

Vou deixar em suspense...rs Brincadeira, tem muita sinceridade como disse minha querida amiga Luana Melo no comentário acima. Infelizmente,né?
Vida que segue.
Fico feliz que você tenha um relacionamento tão longo e espero de coração que se torne mais longo ainda.

Obrigada pelo comentário e pela visita.
Beijo!

Nilson Ramos disse...

Despedidas são tristes e deixam uma bagunça.
Cada história de amor merece um epílogo, uma arrumação.
Na vida há tantos encontros e desencontros, mas os desfechos estão nos reencontros.

Gostei de tudo por aqui, um encanto!

Beijos.


Fernanda Muniz disse...

Nilson! *-*
Seja muito bem vindo!
Concordo com você :D

Beijos

Brubs. disse...

Que lindo *-*
Belas palavras.
Despedidas é tão difícil né?!
beijos
Bruna-Livros de Cabeceira

Fernanda Muniz disse...

Obrigada flor *-*

Muito difícil. Você que nunca vai acontecer e quando acontece fica meio que sem chão.

Beijos!

Flávia disse...

É sempre assim não é? Quando alguém está apaixonado, acha que aquele é o maior amor de sua vida, a impressão que se tem é que nunca vamos esquecer, mas passa, como tudo na vida. O que temos mesmo que fazer é aproveitar o momento.

Thoughts-little-princess.blogspot.com

Fernanda Muniz disse...

Com certeza Flávia!
Algumas despedidas são bem mais difíceis que parecem mas com o tempo, tudo vai melhoramos e aprendemos grandes lições com elas.

Beijo flor!

danniela disse...

Olá! adorei o seu blog! tambem tenho um, o amante de páginas! comecei agora à muito pouco tempo mas tenho esperanças que voce me ajude a crescer deixando o seu comentário a dizer que livros gostaria de lá ver e a convidar umas amigas! obrigada :D
passe por lá, de certeza que encontra algo que lhe agrade!
segui vc, segue de volta?

Fernanda Muniz disse...

Conta comigo Danni!
Beijos!